Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Ônibus leito da Guanabara com destino a Parnaíba sofre outro acidente em rodovia do Ceará.

Um ônibus tipo leito que saiu de Fortaleza-CE com destino a Parnaíba no litoral do Piaui, nesta noite de quinta-feira(2), sofreu um acidente nesta madrugada de sexta-feira próximo a cidade Sobral, colidindo com dois animais, informou uma fonte ao portal.
A informação é que apenas o motorista saiu ferido no acidente. Os passageiros passam bem pois saíram ilesos.
O ex-secretário de fazenda do Piauí, Dr. Paulo de Tarso Moraes Souza, em cia de sua esposa, dona Vera Mendonça, viajavam no ônibus no momento do acidente. 

Animal abatido. 
O ônibus colidiu com uma vaca e um burro que perambulavam na rodovia.  'O veículo viajava em baixa velocidade, mesmo assim, não foi possível desviar dos animais', informou um passageiro.
Os ocupantes do leito acidentado seguiram viagem em outro ônibus da empresa.(Portal do Catita)

Vereador Gerivaldo Benício provoca: “Não se faz oposição só na conversa”

                                        Vereador Gerivaldo
O vereador Gerivaldo (PR) acredita que se a oposição se organizar ainda há tempo de preparar um candidato competitivo para disputar as eleições para prefeito no ano que vem, concorrendo com o esquema municipal que terá o atual prefeito Florentino Neto como candidato à reeleição. “Mas é preciso se organizar, chamar as lideranças, conversar, traçar um rumo, porque não se faz oposição só na conversa”, comentou  Gerivaldo.
Em seu 5º mandato na Câmara Municipal Gerivaldo Benício disse estar preparado para aceitar o desafio de ser candidato a Prefeito, caso as forças de oposição lhe indiquem. Ele também já foi candidato a deputado estadual em 2006, quando obteve 5.147 votos, em Parnaíba. No ano passado Gerivaldo assumiu por 9 meses o cargo de Diretor Administrativo da Agespisa, atendendo o convite do então governador Zé Filho.
Sobre a administração municipal, Gerivaldo afirma ter ressalvas sobre o governo de Florentino Neto, que copia o “modus operandi” do ex-prefeito José Hamilton, quando se trata do tratamento aos vereadores. Para ele, até nos gestos o atual prefeito copia seu antecessor. “Está do mesmo jeito, dando chá de cadeira, sem atender vereador, até dar murros na mesa ele está dando, como o outro”, destacou.
Gerivaldo disse que em 8 anos de gestão o ex-prefeito José Hamilton ele foi recebido pelo prefeito não mais que 3 vezes.  “O atual prefeito chamou todos os vereadores no final de 2013 e prometeu atender alguns requerimentos de cada um. Pelo menos de minha autoria até agora ele não atendeu nenhum”, lembrou.(Bernardo Silva) 

PREFEITURA DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS PARA O MÊS DE JULHO

A Prefeitura de Parnaíba, através da Superintendência de Turismo divulga a programação completa do Festival de Férias “Pedra, mar e sol” 2015 da praia da Pedra do Sal.
As atividades iniciaram no dia 04 de julho com a prática de esportes monitorados, como o futebol de areia e vôlei de praia, e se estenderão até o dia 25 do corrente mês.
O Festival é uma realização da Prefeitura de Parnaíba, que reúne em uma programação especial atividades que envolve esporte, cultura e educação ambiental com o intuito de promover a interação da comunidade com os turistas e ampliar as opções de lazer no período de férias no litoral piauiense.
PROGRAMAÇÃO
Dia 04 até 25 – Esportes Monitorados (Atividade Diária)
9h às 17h  Vôlei de Praia
9h às 17h  Futebol de Areia
Dia 18 – Sábado
16h – Show com RAS
19h –  II Mostra de Cinema Piauiense
Dia 25 – Sábado
16h – Show com Teófilo
19h – II Mostra de Cinema Piauiense
Esse ano o Festival Também integra-se ao projeto Prefeitura nos Bairros, no qual serão oferecidos diversos serviços nas áreas da saúde, serviço social, esporte, lazer, defensoria pública, alistamento militar, PROCON e regularização fundiária com o objetivo de aproximar a gestão municipal das comunidades.

Assembleia gasta R$ 1 milhão só com suplente

                           ZÉ Hamilton disse que irá focar na educação e na defesa do rio Parnaíb
O suplente de deputado estadual, ex-prefeito de Parnaí-ba, José Hamilton Castelo Branco (PTB), foi empossado ontem como deputado na Assem-bleia Legislativa do Piauí (Alepi), em substituição ao deputado Fábio Novo (PT) que se licenciou para assumir a recém-criada Secretaria de Cultura. Hamilton é o 10º suplente a assumir mandato na Alepi. Com a sua posse, a Assembleia passa a pagar 40 deputados, entre titulares e suplentes. 
Durante a solenidade de posse, José Hamilton afirmou que vai focar seu mandato em cultura, educação e na preservação do Rio Parnaíba. Ele disse ainda que sua missão é trabalhar pelo desenvolvimento de todos os setores econômicos e sociais do Piauí, com ênfase para a região de Parnaíba.
Hamilton é também o terceiro deputado, além de Juliana Moraes Souza (PMDB) e Dr. Hélio (PTC), que irá representar a região de Parnaíba na Alepi. "Agora só somos três deputados daquela região e temos a obrigação de trabalhar mais ainda. Na minha vida hoje é um dia histórico. Estou pronto para esse novo desafio", disse.
Sobre as prioridades do seu mandato, o deputado frisou novamente a defesa e proteção do rio Parnaíba. "O nosso principal rio é federal, mas está agonizando. Não compete apenas aos técnicos em meio ambiente fazer algo. Isso é de interesse da Assembleia e de toda a população piauiense", argumentou Zé Hamilton, dizendo ainda que iria pesquisar as leis já existentes para apresentar novos projetos sem que haja conflitos. "Primeiro temos que salvar o rio e depois vamos pensar em navegabilidade", completou.
Fonte:DP
Edição:Bernardo Silva

Juiz obriga advogados a ficar de pé diante dele

Uma norma interna decretada pelo juiz José Roberto Moraes Marques, titular da 4ª Vara Cível de Taguatinga (DF), causou desconforto entre os advogados que frequentam o local. Um cartaz pendurado na porta da sala de audiências do cartório exige que as partes e os advogados devem se levantar quando o magistrado entrar no recinto.
Os advogados consideraram a obrigação "um absurdo".
Por isso, dirigentes da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB-DF) enviaram um “pedido de providências” para a Corregedoria do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) contra a 4ª Cível de Taguatinga.  (Portal BR 247)

Crise financeira afeta aeroporto de Parnaíba

Cia do Café, única lanchonete do Aeroporto Internacional de Parnaíba Pref. Dr. João Silva foi fechada por conta da crise financeira instalada no País. (Foto: Gleitowney Miranda)
A partir do dia 1° d agosto, o Aeroporto Internacional Prefeito Dr. João Silva Filho, em Parnaíba, sofrerá alteração nos horários de pouso e decolagem das aeronaves. O horário de funcionamento das 6h à meia noite teve ser reduzido em seis horas, passando a operar das 7h às 19h como forma de contenção de gastos devido a grave crise econômica que o País enfrenta.
O vereador Carlson Pessoa (PSB), esteve na manhã da quarta feira (01) no aeroporto a fim de constatar a atual situação do local. De acordo com informações de Brasília, havendo a necessidade de transportar passageiros em caráter de emergência, como pacientes clínicos, o transporte poderá ser feito sem complicações. No entanto, Parnaíba é uma opção nula em uma possível necessidade de pouso de emergência de alguma aeronave que estiver sobrevoando pela cidade no horário das 19h01min às 06h59min.
Os problemas de estrutura do aeroporto também se refletem em serviços básicos, como a alimentação. A única cantina aberta ao público fechou as portas há um mês. Agora os passageiros não têm nenhuma opção de lanche à venda no local antes ou depois dos voos. Quanto a climatização, a informação é de que a administração do aeroporto está aguardando a autorização da Secretaria de Aviação Civil (SAC) para iniciar a obra.
“A gente espera que os problemas de má administração pública no País não afetem ainda mais o nosso aeroporto, uma vez que os parnaibanos esperaram por tantos anos para vê-lo funcionando”, afirma Carlson Pessoa.(Por Luzia Paula / Ascom)
 Edição: Jornal da Parnaíba

Wellington Dias: Empossar tantos suplentes que o povo derrotou u nas urnas é indecente!

                      Imagem ilustrativa
Mister Suplente!
Políticos como José Hamilton, que assumiu ontem como o décimo suplente convocado para a Assembleia Legislativa, precisam, por decência, justificar tão exagerada ação governamental e fazer de fato algo positivo por sua região.
O povo que elegeu os dez suplentes agora bem refestelados na cadeira de deputado estadual agradeceria se, ao invés de estarem no parlamento para apenas bater palmas e votar como cordeirinhos, trabalhassem efetivamente por seus municípios.(Portalaz)

305 Professores cedidos a outros órgãos para "coçarem o saco"

Tiro no pé
São 305 professores estaduais cedidos pela Secretaria de Educação para funções – certamente a de coçar o saco– em diversos órgãos do próprio governo.
Um paradoxo, quando a queixa geral é que falta professor na sala de aula.
Seu Delegado!
Mas essa não é uma questão primordial apenas da Secretaria de Educação.
A de Segurança, onde a gritaria geral é de que falta delegado e policial civil para suas funções fins, também se dá ao privilégio de ceder esses senhores para órgãos onde se mais eles não fizerem, vão apenas coçar saco de deputado.
O chefe
Paradoxo dos paradoxos: quem chefia os delegados que estão à disposição de gabinetes de deputados é o ex-delegado geral.(Portalaz)

quinta-feira, 2 de julho de 2015

"A Maçonaria e a História da Independência do Piauí": Diderot Mavignier lança o livro nesta sexta feira

A influência da Maçonaria no processo da independência do Brasil e a sua relação com outros pontos da colônia portuguesa na América do Sul, principalmente o Piauí, estão mostrados na mais nova obra do escritor e historiador parnaibano Diderot Mavignier, o livro “A Maçonaria e a História da Independência no Piauhy”, a ser lançado nesta sexta feira(3) no auditório do Campus Reis Velloso (UFPI). 
Dos escritores parnaibanos, tanto da Academia Parnaibana de Letras quanto do Instituto Histórico,  Diderot Mavignier é o que mais vende livros em bancas de revistas. A informação é do Francisco Sampaio, o conhecido e admirado Louro da banca da Praça da Graça.

O sensacional desabafo de Zeca Camargo

Por:Marcelo Rubens Paiva
Zeca Camargo é um jornalista cultural de primeira linha.
Passou por grandes órgãos, foi editor da Capricho, Ilustrada, passou pela TV Cultura, esteve no começo da MTV e foi para a Rede Globo.
Entende de músicas como poucos. Seu blog no G1 é referência, denso, robusto e preciso.
Sua presença no Fantástico, como no quadro Medida Certa, era um desperdício. Merecia mais.
Não emplacou como apresentador do Vídeo Show.
Mas emplacou uma “coluna” sensacional no JORNAL DAS DEZ, da Globo News, que deu no que falar e foi insanamente atacada dentro e fora da emissora.
O lide era a morte do cantor sertanejo Cristiano “Ronaldo” Araújo e sua espantosa repercussão, cantor conhecido pelo “grande público” e desconhecido pela “elite cultural”.
Na sua vídeo-crônica, Zeca não desqualificou o cantor ou seu público, muito menos desdenhou a tragédia. Mas virou o vilão da semana, num debate regido pela emoção, intolerância, preconceito e leitura torta.
E teve que vir a público se desculpar na emissora, retratação em que cometeu deslizes, gaguejou e “talvez” se explicou que “talvez” tenha sido mal-entendido.
Foi nada. O que ele disse na crônica faz todo o sentido.
Falou da surpresa da comoção nacional, do “evento triste”, e citou a enormidade do País, a diversidade cultural e o “talento” natural para a música.
O “abraço coletivo” em torno da dor simbolizaria uma catarse coletiva, como se todos nós estivéssemos atrás de uma união pela emoção, para expurgar nossas dores.
Como se o choro tivesse uma capacidade purificadora.
Então veio o que incomodou fãs, mercado, a TV aberta, a indústria e seu empregador.
Como nos deixamos seduzir pela morte de um artista relativamente desconhecido?
“A resposta está nos livros de colorir”, atestou Zeca.
Segundo ele, a nova moda “literária”, acusada de representar a pobreza da atual alma brasileira, é a vilã do cenário pop e mostra um vazio cultural no país de Machado, Lima Barreto, Modernistas, Guimarães Rosa, Graciliano Ramos, Nelson Rodrigues e Noel Rosa, Tom Jobim, Tropicália, Jovem Guarda, Clube da Esquina, Renato Russo, Cazuza, Mangue Beat e Chico Sciense.
A comoção pela morte do cantor estaria ligada à ausência de “fortes referências culturais que experimentamos”.
A “INSANA” cobertura de sua despedida vestiu a carapuça do vazio de figuras esperando a tinta e significado, “só esperando a tinta da emoção”.
Como “robôs coloristas”, preenchemos desenhos na ilusão de estarmos criando alguma coisa, afirmou.
Para quem começou a trabalhar quando Legião Urbana, Titãs, Cazuza e Plebe Rude dividiam o palco de programas de auditório da TV aberta com Raul Seixas, Gil e Caetano, Mutantes, Milton Nascimento e Elis Regina, a monotonia da nossa música, que já dura algumas décadas, esvazia o mercado, dá poucas oportunidades a outros estilos e à renovação.
Zeca disse o que está entalado na garganta dos fãs da boa música:
“Nossa canção popular é dominada por uma música só. O nosso pop não precisa ser assim… Não precisa ser assim, precisamos de novos heróis, mas está todo mundo ocupado pintando Jardins Secretos [obra que começou a onda de livros para colorir]”.
Alguém discorda?
Não sei se Zeca será retaliado ou irá para a geladeira. Seria uma burrice da emissora encostá-lo, não apoiá-lo. Deveria sim ter mais colunas na Globo News.
Afinal, o vazio não está só na música.

CPI para investigar 24 anos de gestão na Agespisa

                                       João de Deus
Os deputados Evaldo Gomes (PTC) e Robert Rios (PDT) querem a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a situação da Agespisa.
A abrangência da CPI: 1991 até 2015, são 24 anos de gestão, desde o último choque de contas, no Governo Freitas Neto.
A liderança do Governo, deputado João de Deus (PT), defende que ao invés de uma CPI o TCE faça uma auditoria na empresa.(Elizabeth Sá)

Obras de asfalto chegam a Praça Mandu Ladino

Obras de infraestrutura de mobilidade urbana estão sendo realizadas pela Prefeitura de Parnaíba, em parceria com o Governo do Piauí, dentre elas a obra de acesso da Avenida Padre José Raimundo Vieira à Avenida Primeiro de Maio, no Bairro Nossa Senhora de Fátima e no entorno da Praça de Eventos Mandu Ladino.
O local irá receber o Concurso Nacional de Quadrilhas Juninas durante o Festival São João da Parnaíba. De 13 a 19 de Julho acontece o Festival Municipal de Quadrilhas de nominado de São João da Parnaíba, que vai reunir grupos de quadrilha e bumba-meu-boi da cidade, nas categorias mirim e adulto. A premiação do festival é de R$ 171 mil, que será dividida entre os primeiros colocados de cada categoria.
                     Prefeito e vereadores visitam obras
Nos dias 18 e 19 de julho Parnaíba recebe a final do concurso nacional de quadrilhas, organizado pela Confederação Brasileira de Entidades de Quadrilhas Junina. O evento vai reunir 22 grupos de vários estados do Brasil na praça de eventos Mandu Ladino.

APAE DE PARNAÍBA PRESENTE NA XI OLIMPÍADA DAS APAEs DO PIAUÍ

                                   Delegação da APAE parnaibana
A Delegação da APAE de Parnaíba, composta por alunos e profissionais da instituição, viajou na manhã desta quinta feira, 02 de julho de 2015, rumo a José de Freitas onde participará da XI Olimpíada das APAES do Piauí. O evento contará com a participação de APAES de todo o Estado em um momento de confraternização e fortalecimento da autoestima e autonomia dos beneficiários do movimento apaeano.
A APAE de Parnaíba deseja a todos uma excelente viagem e muito sucesso no evento.

PREFEITURA CONTINUA MUTILANDO ÁRVORES PELA CIDADE

                       Árvores podadas na Praça Júlio Augusto
Podar árvores não é algo fácil. Exige conhecimento, técnica e ferramentas adequadas. Além disso, exige avaliação criteriosa, para saber se uma dada árvore realmente precisa ser podada ou não. Mas esse cuidado e critério não são levados em conta pela Prefeitura de Parnaíba.
Quem passar pela Praça Júlio Augusto vai tomar um susto ao ver que as árvores que ficam no canteiro central da rua foram decepadas, literalmente. Fizeram uma poda radical deixando só o tronco das árvores. Qualquer pessoa que apresente um mínimo de percepção ambiental irá notar o grau de deterioração da arborização devido à poda severa.
                                           Praça Júlio Augusto
Poda severa, esta que retira toda a copa da árvore, em hipótese nenhuma é recomendada em logradouros públicos cujo principal objetivo da planta é sombra, melhoria do clima e beleza arquitetônica da cidade e que tem que ser conduzida por profissionais competentes.
Por um lado a prefeitura faz o seu estrago, por outro a Eletrobrás não fica atrás. Ambas, geralmente, não querem se dar ao trabalho de consultar técnicos especializados e buscam apenas resolver seus problemas mais imediatos, realizando verdadeiras mutilações nas árvores.
              Poda da Eletrobrás: Apenas protege os fios
Em 2010, Fernando Gomes no mandato de vereador apresentou um Projeto de Lei instituindo o programa de arborização urbana do município de Parnaíba, um trabalho que contou com a colaboração do Prof. Dr. Antonio Tavares (UFPI), doutor em arborização urbana. O trabalho e a lei devem está n’alguma gaveta da prefeitura.
Procurado para falar sobre o assunto o ex-vereador lamentou: “O pouco que resta da arborização está sendo deteriorado por um manejo inadequado que consiste em podas mutilantes. Na última década não houve nenhuma iniciativa de arborizar a cidade, ressalvadas ações isoladas de uns poucos cidadãos”, disse Fernando Gomes. 
O Secretário do Meio Ambiente, agrônomo Carlos Eduardo, disse-nos em entrevista que é correta a forma como a Prefeitura poda as árvores.Depois de decepada a copa das árvores todas se renovam. Para setores da população, há controvérsias.

Prefeito Florentino Neto em Teresina prestigia posse de José Hamilton na Assembleia Legislativa

Conforme mostra a foto, tirada minutos antes da posse na Assembleia Legislativa do ex-prefeito de Parnaíba José Hamilton, como deputado estadual, o prefeito Florentino Neto foi prestigiar o seu "mentor", que volta a Parnaíba no final de semana como mais um representante de Parnaíba no parlamento estadual
Além de Florentino, a foto mostra ainda o vice-prefeito Chagas Fontenele, o empresário Oséas Furtado (TV Costa Norte) e a Ouvidora Geral do Estado, Soaraya Castelo Branco.
Foto:facebook(Pedro Pinto)
Edição:Bernardo Silva

UM RETRATO DA EDUCAÇÃO (OU FALTA?) NO PIAUÍ

Até as divisórias do prédio da Secretaria da Educação sabem que faltam professores nas salas de aula. Todo mês, aposentam-se professores.
Salas de aula ficam vazias porque não há quem as assuma, mas isso não impede que profissionais deixem a sala de aula para exercer funções burocráticas longe delas. Exemplo disso é que 305 professores foram colocados nesta semana à disposição de outros órgãos da administração estadual.
A maior parte dos professores postos à disposição deverá dar expediente na Secretaria de Assistência Social (89), seguindo-se a Secretaria de Justiça (41),Universidade Estadual (32), Secretaria da Saúde (30) e Fundação de Esporte (23), Meio Ambiente (11) e Cultura (10).
Mas também haverá professores em áreas bastante diversas como Planejamento (três), Instituto de Metrologia (cinco), Secretarias das Cidades e de Segurança (quatro), Agência de Defesa Agropecuária (três),  Secretaria de Turismo (quatro).
Também na terça-feira, 30, um total de 20 professores teve aposentadorias concedidas pelo governo estadual.(jornalista Cláudio Barros)
Edição:Bernardo Silva

O PT e o retrato 3 por 4 da incomPeTência

Esta fotografia revela, com perfeição, o que é o governo dos piauienses (não só o atual, mas todos eles desde que o primeiro boi berrou nos currais dos primórdios da fundação de nosso Estado).
Nela, vemos políticos encenando discursos onde se apropriam na mão grande dos resultados obtidos pela iniciativa privada e depois, haja cara-de-pau, enviam como factoide para a mídia amestrada.
Aqui, mais especificamente, Dáblio Days e dois dos seus lugares-tenente – o secretário de Governo, Merlong Solano, e José Barros, superintende de Educação – conversam miolo de pote sobre a colheita de cana da empresa Olho D´água, na cidade de União.
Lá no fundo, quase sem aparecer na encenação, digo, cena, os empresários – que produzem riquezas, impostos e empregos apesar do que sofrem nas mãos & pés dos desGovernos – ficam lá atrás...
Entre eles, a conversa é sobre a falta de infraestrutura estatal no incetivo ao crescimento do setor agroindustrial: estradas péssimas para ecoar a produção, energia de baixa qualidade e por aí vai...
Puxa life, quando isso vai mudar, hein, eleitores da terra de Petrônio Portela? 
(Francisco Magalhães) 

ATRAÇÃO PARA ESTA SEXTA FEIRA(3)

Vereador Gerivaldo em audiência com deputado Fábio novo para tratar do Festival Nacional de Quadrilhas em Parnaíba

O vereador Gerivaldo Benício(PR) encontra-se hoje em Teresina, onde terá audiência com o novo secretário estadual da Cultura, deputado Fábio Novo, para tratar da realização do Festival Nacional de Quadrilhas, previsto para acontecer em Parnaíba dias 18 e 19 de julho, coincidindo com o XV São João da Parnaíba que este ano ocorrerá no período de 13 a 19 de julho. Serão representações de 22 Estados que estarão em Parnaíba mostrando um pouco do folclore cultuado pelo seu povo.
"Estamos buscando apoio junto ao secretário Fábio Novo e vamos ouvi-lo sobre o que ele tem para Parnaíba", disse Gerivaldo, que participa nesta quinta feira de reunião também com representantes das Federações Piauiense e Nacional de Quadrilhas.(Escrito por Bernardo Silva)

Novos dirigentes do PP em Parnaíba oxigenam o Partido no município

Beto e Pe. Jurandir
Os novos dirigentes do Partido Progressista (PP) em Parnaíba estão oxigenando a agremiação, recebendo novos filiados. O vereador Beto, esposo da nova presidente. Selma Castelo Branco, embora no PTB, é um dos que estão à frente deste trabalho de fortalecimento do partido. Um dos novos filiados é o Padre Jurandir Rodrigues, que também é professor e um bom nome para disputar uma vaga na Câmara Municipal. Ninguém sabe ainda de que forma, mas o vereador Beto, assim como o sogro, ex-prefeito Zé Hamilton, pensam em deixar o PTB e embarcar de vez no PP, de Ciro Nogueira e Iracema Portela. Esperam, talvez, pela "janela da tal "reforma política".
Cultura
Os artistas locais certamente esperam ser vistos com outros olhos pelo novo secretário estadual de cultura, deputado Fábio Novo. Afinal, sendo ele Cidadão Parnaibano não pode virar as costas para Parnaíba, a exemplo do que fizeram outros que estiveram à frente da FUNDAC- Fundação Cultural do Piauí. É esperar pra ver.(Escrito por Bernardo Silva)