Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 28 de agosto de 2016

Cartão magnético é nova forma de acesso ao RU de Parnaíba

Novo cartão vai garantir que apenas a comunidade da UFPI tenha acesso ao RU
A UFPI inaugurou neste sábado (27), em Parnaíba, a primeira etapa do projeto de automação do Restaurante Universitário, que permitirá aos estudantes utilizar um cartão magnético, produzido com tecnologia de baixo custo, para gerenciar a entrada no RU. Seguro contra falsificações, o cartão será também integrado à carteira de estudante. O projeto de automação do Restaurante Universitário é uma parceria do Laboratório de Neurofísica (Lanf) da UFPI e o Polo Tecnológico de Parnaíba.
A primeira pessoa a usar o cartão magnético foi a vice-reitora da UFPI, Profa. Dra. Nadir do Nascimento Nogueira, que conferiu o funcionamento da nova tecnologia e almoçou no restaurante. Também já estão com o cartão em mãos a presidente do DCE de Parnaíba, Amanda Mendes, representando os estudantes; e o Prof. Dr. Gilmário Lima, coordenador do Laboratório de Neurofísica da UFPI, um dos responsáveis pelo projeto.
Vice-Reitora Nadir Nogueira almoça no RU em companhia do coordenador do projeto, Gildário Dias Lima
Inicialmente, a nova forma de acesso será utilizada, em carater experimental, por aproximadamente 300 usuários - estudantes, professores e técnicos - do Campus Ministro Reis Velloso, em Parnaíba. Os cartões serão entregues em 22 de setembro, início do semestre 2016.2. Além dos 43 moradores da residência estudantil em Parnaíba, serão escolhidos para receber o cartão primeiro cerca de 50 técnicos e 50 professores, habituais frequentadores do RU, e estudantes de diversos cursos, observando o perfil social dos usuários do restaurante. Os demais estudantes do campus da UFPI de Parnaíba, aproximadamente 4 mil alunos, receberão os novos cartões a partir do semestre 2017.1. O uso do cartão magnético será implantado gradativamente nos demais campi da UFPI a partir do segundo semestre de 2017.
No detalhe, o cartão confeccionado para o reitor da UFPI, Professor Doutor José Arimatéia Dantas Lopes.
Nessa primeira etapa, o sistema irá validar o acesso dos usuários e fornecer toda a estatística de utilização do RU. Na segunda etapa, será possível realizar inserção de créditos no cartão.
"A Universidade apoiará o projeto no sentido de ampliar essa cobertura, ofertando um número superior de bolsas para haver uma maior participação de estudantes em etapas posteriores do projeto", garantiu a Vice-Reitora Nadir Nogueira.
Mais controle, rapidez e economia - Praticamente à prova de falsificações, o novo cartão vai garantir que apenas a comunidade da UFPI tenha acesso às refeições a preços subsidiados no RU. O sistema trará uma economia estimada de 30% dos gastos e permitirá melhor planejamento no atendimento ao usuário. Vai dar pra saber o dia quando mais se come, o que influencia no consumo maior ou menor, que tipo de cardápio tem maior aceitação, por exemplo. Tudo online.
Estudante Alice Silva Mendes, presidente do DCE de Parnaíba, já está com o novo cartão em mãos
"Vamos criar um algoritmo de inteligência artificial, que controlará o ritmo da entrada de usuários, e vamos aprender com o tempo que, por exemplo, com 20 minutos de RU, já saberemos qual será a estimativa de quantas pessoas irão comer naquele dia", explica o professor Gildário Dias Lima, coordenador do projeto.
Em etapas posteriores, os cartões serão habilitados para serem usados nas bibliotecas, e, por fim, serem utilizados nos transportes públicos.

Da redação do Jornal da Parnaíba com informaçoes da UFPI