Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 28 de agosto de 2016

COMEÇOU A MENTIRA E A PICARETAGEM DOS INSTITUTOS DE PESQUISA

Mentindo na nota
O Ministério Público está procurando saber como é que um dito instituto de pesquisa consegue deslocar seus pesquisadores – no mínimo cinco – de Teresina para cidades como Corrente e Cristalândia (1000 KM de distância) para fazer pesquisas contratadas e emitir nota fiscal no valor de apenas R$ 800,00, que não cobre os custos sequer de alimentação da equipe.
Isso é a maior constatação de que o instituto já começa mentindo na nota fiscal.
Picaretagem
O tal instituto, segundo a denúncia chegou ao Procurador Eleitoral, vendeu mais de 40 pesquisas para prefeitos do interior e todas não passam da quantia de R$ 1 mil. 
Pela quantidade de questionários, vai-se ver que os pesquisadores fazem milagres. Ou tudo não passa de uma farsa, porque se desconfia que o que é recebido de verdade não é registrado.
Chantagem
Mas o negócio parece tão rentável que o dono do tal instituto chega de avião particular nas cidades e vai direito meter a faca nos prefeitos. 
Na denúncia feita ao MP, o sujeito, cercado de várias mocinhas, não aceita recusa. Quando o prefeito não topa, ele muda os números em favor do adversário. 
Em qualquer lugar um canalha desses vai direto para o xilindró. Aqui, se esmera até em dar aulas e conselhos aos panacas que ainda pagam caro.(Portalaz)