Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Georreferenciamento de imóveis no litoral deverá terminar em novembro

As equipes técnicas do Instituto de Terras do Piauí (Interpi) retornaram, nesta quinta-feira (18), aos trabalhos de georreferenciamento no município de Luís Correia, na região Data Sobradinho. A meta é que até novembro deste ano, 100% dos imóveis rurais da região sejam demarcados pelo órgão.
Segundo Regina Lourdes, diretora interina do Interpi, já passaram pelas atividades de georreferenciamento, desde julho deste ano, 70% dos imóveis de Luís Correia, que tem um total a 16 mil hectares.
“Estamos dando continuidade ao cronograma de demarcação em Luís Correia. A expectativa é que após esses trabalhos, o Programa de Regularização Fundiária ganhará maior resolutividade, o que possibilitará num futuro próximo à emissão de títulos de terras definitivos”, esclarece a diretora do Interpi.
O diretor de operações Jailton Chaves garante que as ações do Interpi têm recebido o apoio da Promotoria de Justiça e do sindicato dos trabalhadores rurais da região, o que tem facilitado o acesso das equipes técnicas aos imóveis.
“As equipes estão trabalhando, de maneira minuciosa, na checagem de cada lote. Inclusive, os cartórios têm nos dado grande apoio, na verificação da origem ou até na validade de documentos apresentados pelos proprietários. É importante destacar que a tentativa de fraudes na documentação, será repassada aos órgãos competentes”, destaca o diretor de operações do Interpi.
O Georeferenciamento consiste em estudos dos limites de lotes realizados por agrimensores e topógrafos, faz parte do Programa de Regularização Fundiária do Interpi, que pretende regularizar o território piauiense até 31 de dezembro de 2019. Fonte: CCOM