Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Encapuzados distribuem cestas básicas a eleitores

Desembargadores Joaquim Santana e Edvaldo Moura: apuração de denúncias de crimes eleitorais na campanha
O corregedor regional eleitoral do Piauí, desembargador Edvaldo Moura, informou ontem, durante sessão no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), que ele e o procurador regional eleitoral, Israel Gonçalves, têm recebido diversas denúncias de crimes eleitorais. Ele citou que em Piripiri, por exemplo, homens encapu-zados estariam distribuindo cestas básicas para eleitores, mas não disse a que candidatos ou grupo político estariam ligados. O caso foi entregue para investigação policial.
A denúncia foi confirmada pelo desembargador ao Diário do Povo, na tarde de ontem. "Eu, como corregedor não poderia me omitir, senão seria até um crime. Conheço a situação do Piauí inteiro. E não vamos permitir essas ações. As providencias já estão sendo dadas", adiantou o magistrado. Segundo Edvaldo Moura, existem problemas sérios em vários mu-nicípios e devem ser apurados. "Nominamos alguns à polícia, durante o encontro com as forças de segurança e pedimos a apuração. A situação é preocupante", adiantou. 
O TRE-PI convocou ontem o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, e representantes da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal para discutir o plano de segurança para as eleições (veja matéria nesta página). Edvaldo Moura disse que a juíza da 11ª Zona Eleitoral, em Piripiri, Maria de Fátima Martins Leite Dias, relatou o fato à Corregedoria e à Procuradoria Eleitoral e pediu investigação da policia. Segundo ele, as denúncias não se referem apenas a Piripiri e à 11ª Zona Eleitoral.
"Existem denúncias de várias zonas eleitorais e estamos determinando a apuração dos casos. Por isso, consideramos que é necessário o reforço de tropas federais, porque o nosso contingente da PM e da Polícia Civil é insuficiente, principalmente nas zonas eleitorais com histórico de violência e com problemas eleitorais. Além disso, a dimensão territorial do Piauí é muito grande. Não podemos nos omitir", informou Edvaldo Moura ao Diário do Povo.

O magistrado relatou ainda ocorrências como em Campo Maior, que requer mais atenção da policia para coibir os excessos durante o pleito eleitoral. "Estamos em permanente contato com os juízes eleitorais e acompanhando os fatos em todo o Estado", finalizou o desembargador-corregedor. Os deputados estaduais também relataram na tribuna da Assembleia Legislativa que está havendo desavenças, brigas e até tiroteios na campanha de algumas cidades. Eles pediram providências à Secretaria de Segurança Pública e informaram os ocorridos à Justiça Eleitoral. (Diário do Povo)