Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Pobres Mototaxistas! Usados mais uma vez?!

                     Mototaxistas sindicalizados foram à Câmara
Há quantas campanhas políticas candidatos a Prefeito de Parnaíba usam a categoria dos mototaxistas, prometendo regulamentar a profissão, reconhecida há muito tempo pelo governo federal? Prometem, mas não cumprem a promessa. Depois de eleitos, empurram o assunto com a barriga e os profissionais de fato são prejudicados, porque os "piratas", alguns verdeiros bandidos, além de concorrem em pé de igualdade com quem é legalizado fazem com que se generalize, às vezes, em se tratando atos ilícitos praticados pela banda podre que se utiliza de uma moto para fazer o que não deve. "Fica difícil se saber quem é profissional de fato e quem não é", comentam as pessoas.
Algumas leis já foram elaboradas e aprovadas pela Câmara Municipal mas o ex- prefeito José Hamilton vetou. Os vereadores, fiéis ao ex-prefeito, mantiveram o veto.
O atual prefeito Florentino Neto não tem sido melhor que seu antecessor. Já se negou a receber representantes da classe. Agora pediu o apoio do Ministério Público, na pessoa do Promotor Antenor Filgueiras, para elaborar um projeto e enviar à Câmara, o que aconteceu no dia 22 de agosto. Mas o prefeito esqueceu de ouvir a parte interessada, que são os mototaxistas, segundo denuncia o presidente do Sindicato da categoria.
NA semana passada, no retorno das sessões dos vereadores, alguns mototaxistas foram à Câmara pensando que o projeto iria entrar em pauta. Eles queriam que vereadores como Carlson Pessoa e Antônio Diniz fizessem alguma coisa porque eles pretendem mudar algumas determinação que estão no papel. Mas, a matéria não entrou em pauta. O presidente do Legislativo, vereador Gustavo Lima, enviou o projeto, da prefeitura e do ministério público, para apreciação da Comissão de Legislação, Justiça e Redação final, para a devida apreciação. Espera-se que o projeto seja discutido e aprovado ainda este mês.
Os mototaxistas a esta altura devem estar se perguntando: Por que tanta enrolação? Por que somente agora no período eleitoral, querem fazer este gesto de bondade a uma categoria tão sofrida? E será que a entrada do Ministério Público na "parada" vai resolver de vez o problema?