Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 20 de setembro de 2016

TRIBUTO A JEANE MELO

Antonio Gallas
“...A menininha JEANE
muito se emocionou
 e na hora de meditar
foi quem primeiro chorou...”

Esses versos foram feitos no ano de 1976 quando participamos do Primeiro ENJOPI (Encontro de Jovens do Piauí) realizado em Parnaíba no                   Convento de São Sebastião. O ENJOPI foi um movimento católico (tipo o cursilho da cristandade) destinado a jovens e liderado em nosso estado pelo padre salesiano (da ordem de São Francisco de Sales) Luciano Ciman. Padre Luciano era italiano.
JEANE foi uma das jovens que participaram do encontro, o qual descrevi em versos simples, na minha maneira de fazer poesia, contando o desempenho de cada um durante os três dias em que ficamos enclausurados no  convento.
JEANE com sua espontaneidade, com seu sorriso, cativou a todos. Tinha uma aura resplandecente que enchia qualquer ambiente de alegria. Era meiga, solidária, amiga de seus amigos.
Dizem que pessoas assim Deus chama logo para fazer parte da sua equipe no céu, mas a JEANE Deus não a chamou.   Deus pessoalmente veio aqui, segurou sua mão e caminhou com ela até o céu. JEANE faleceu no dia 19 de agosto do corrente ano deixando-nos uma grande tristeza, uma dor, uma saudade...
A tristeza, a dor,  que sentimos quando morre uma pessoa querida, o tempo e a nossa fé em Deus se encarregam de nos consolar, de nos confortar, de fazer  até esquecermos aquele momento...  mas  a saudade fica na lembrança dos bons momentos, das boas recordações, momentos de alegria que passamos junto daquela pessoa. E será assim que lembraremos de JEANE. Pelos bons momentos,  pelo seu sorriso largo, pela sua alegria, pela dedicação aos amigos, à família, pelo zelo ao filho JEAN e por tantos outros motivos, que são inúmeros. JEANE  Requiescat in Pace!, você continuará sendo  tão querida e admirada por todos que tiveram o prazer de conhece-la .