Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Volte, Governador! O Senhor merece a atenção dos parnaibanos?

O Governador Wellington Dias, do PT, esteve no litoral, no último fim de semana, fazendo campanha para o prefeito Florentino Neto, também do PT. E era um sorriso só, ladeado também pelo deputado estadual Dr. Hélio Oliveira, que anunciou o desejo de ser candidato a prefeito de Parnaíba, mas, resolveu desistir, por solicitação do governador. O que pediu em troca? O tempo dirá, pois sabemos que neste tipo de negócio nada é de graça. Dr. Hélio e Zé Hamilton, também deputado, que falaram da possibilidade de igualmente sair candidato, resolveram se unir para apoiar Florentino, numa coligação denominada “União Pela Parnaíba”. Mas qual foi o preço desta “união”?
Cobranças
Mas a presença do governador no litoral fez a imprensa relembrar algumas das promessas não cumpridas, feitas por Wellington Dias e que ainda estão em aberto. Por exemplo: A reforma no Centro de Treinamento do Parnahyba Sport Club, o antigo Estádio Petrônio Portela; reforma da Central de Flagrantes de Parnaíba que iria se mudar para onde funcionava a delegacia da Mulher na Álvaro Mendes; a Academia de Polícia Militar do Piauí, que era sediada em Parnaíba e que ele levou pra Teresina e depois prometeu ao prefeito Florentino retorná-la ao município; o quartel para o Corpo de Bombeiros Militar de Parnaíba, que o governador disse que iria construir; a reforma da ponte Simplício Dias da Silva que o governador disse que tinha liberado R$ 5 milhões para sua reforma, mas que até agora nada; enfim, foram tantas as promessas não cumpridas que fica difícil acreditar que ele tenha moral para pedir votos.
Vila do leite
                           Encontro Técnico discutiu "Vila do Leite"
Ainda no item promessas não cumpridas não esquecer uma das grandes promessas do prefeito Florentino Neto, que consta do seu plano de governo, seria a Vila do Leite, que era para retirar as vacarias da zona urbana mas que até agora nada foi feito. Houve até seminário para tratar do assunto, com a presença do governador Wellington Dias e representantes de diversos órgãos federais. Não adiantou. Nada avançou. A Vila deveria ser implantada no Distrito de Irrigação Tabuleiros Litorâneos do Piauí e tinha como finalidade promover um reordenamento urbano, com a remoção de atividades vetadas pela Lei do Plano Diretor Municipal para as áreas urbanas. Como são coisas do PT, tudo ficou na falácia.