Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

INDICIAMENTO DE LULA ACABA ‘CRIME PERFEITO’ COM DINHEIRO DO BNDES

ESQUEMA TRANSFERIA DINHEIRO PÚBLICO PARA ODEBRECHT NO EXTERIOR
PF DESMANTELA ESQUEMA DE USO DO BNDES SEM LICITAÇÃO NO EXTERIOR
A Operação Janus, da Polícia Federal, que rendeu ao ex-presidente Lula seu terceiro indiciamento por corrupção, desmantelou o que era considerado “o crime perfeito”: o financiamento bilionário de obras no exterior com recursos que o BNDES sacava do Tesouro Nacional. O “crime perfeito” dispensava licitação e também autorização legislativa, e blindava o financiamento da fiscalização dos órgãos de controle. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Desde 2005, cresceram cerca de 1.200% os financiamentos do BNDES para empreiteiras brasileiras no exterior, principalmente a Odebrecht.
Entre 2007 e 2014, governos Lula e Dilma, o BNDES bancou US$3,3 bilhões para empresas brasileiras (e Odebrecht, claro) em Angola.
A empreiteira Odebrecht faturou 26 dos 48 projetos de infraestrutura na América Latina até 2012. Apenas em Angola tinha 35 grandes obras.
Em janeiro de 2014, esta coluna revelou o esquema de financiamento suspeito de obras no exterior, para beneficiar a Odebrecht.