Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Vítimas do rompimento de Algodões cobram pagamento de indenizações

Por Apoliana Oliveira
O governo do Estado enfrentou protestos na noite desta quarta-feira (19/10), Dia do Piauí. Em frente ao Theatro 4 de Setembro, onde acontecia a cerimônia de entrega de medalhas do Mérito Renascença, 140 vítimas do rompimento da barragem de Algodões, ocorrido em 2009 em Cocal, cobravam o pagamento de R$ 60 milhões em indenizações, conforme acordo feito em junho deste ano.
grupo pedia ainda a retomada das obras de construção de uma nova barragem. Segundo Corsino Medeiros, presidente da Avaba (Associação das Vítimas da Barragem de Algodões), o governo não tem deixado de negociar, mas não vem honrando os compromissos firmados em um acordo extrajudicial.
“O governador Wellington Dias demonstrou vontade política de resolver definitivamente a situação quando assinou decreto em abril deste ano, autorizando a Procuradoria Geral do Estado a negociar com as vítimas. Essa negociação foi concluída com a assinatura de todos, mais de mil famílias representadas, todos assinaram autorização para a Avaba com seu advogado negociar”, disse.
A obrigação do Estado em indenizar as vítimas foi determinada pela Justiça. Mas para agilizar os pagamentos, as vítimas abriram mão de dois terços do valor total, com a promessa de que em julho ou agosto deste ano, os valores começariam a ser repassados. Contudo, eles continuam aguardando que a Procuradoria sinalize pela homologação deste acordo, que prevê o pagamento de R$ 60 milhões em 30 parcelas.
LEIA MAIS NO LINK ABAIXO:
http://180graus.com/noticias/vitimas-do-rompimento-de-algodoes-cobram-pagamento-de-indenizacoes