Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Vitória de Mão Santa foi um 'duro golpe' no Governo do Estado

A vitória do ex-governador Mão Santa em Parnaíba, por pouco mais de mil votos sobre o candidato do PT, Florentino Neto, foi "um duro golpe no esquema do Governo", segundo importante parlamentar da base de Wellington Dias. Para ele, o Governo demorou muito a perceber que poderia sofrer um revés na segunda mais importante cidade do Estado.
Na análise do parlamentar da própria base governista, o Governo pecou quando
não conseguiu convencer o hoje deputado estadual José Hamilton Castelo Branco a se candidatar em substituição a Florentino Neto. “Os estrategistas políticos não conseguiram perceber a falta de empatia do prefeito com a população".
Antipatia
Um deputado do Governo me disse nesta segunda (03) que "os eleitores de Parnaíba foram criando uma antipatia pelo Florentino e ninguém queria admitir isso".
Nunca acreditaram
Há cerca de um mês procurei o deputado Hélio Oliveira, o Dr. Hélio, para dizer que tinha feito uma análise sobre um vídeo que assistira de uma senhora enxotando o prefeito num bairro de Parnaíba e ele respondeu que não tinha a menor chance de Florentino perder.
Zé Hamilton também
José Hamilton Castelo BrancoNuma conversa com o deputado José Hamilton (PTB), ex-prefeito da Parnaíba, levantei a possibilidade de uma vitória de Mão Santa na Parnaíba, ao que ele respondeu que não tinha a menor possibilidade.
Coluna antecipou
Esta coluna noticiou várias vezes que tinha detectado um crescimento de Mão Santa na Parnaíba, mas o prefeito Florentino Neto preferiu reclamar para amigos influentes, que este repórter fazia análises sobre o assunto pelo fato de ser amigo do ex-governador.
Sem empatia
O que derrotou Florentino Neto na Parnaíba foi a sua falta de empatia com a população mais humilde, justamente a faixa em que Mão Santa penetra com maestria.
Elitista
Políticos mais populares de Parnaíba dizem há muito tempo que o Sr. Florentino Neto é elitizado e pouco afeito a movimentos mais próximos da periferia. (Blog do Feitosa Costa)