Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Encontro de Mão Santa com técnicos da Caixa abre espaços para novas parcerias e investimentos em Parnaíba

A reunião ocorrida na manhã de hoje, no auditório da FIEPI, em que estiveram presentes um grupo de técnicos da Caixa Econômica, o prefeito eleito de Parnaíba Mão Santa e alguns membros de sua equipe, foi um aceno positivo da instituição financeira ao novo governo que se instalará no município dia 1º de janeiro de 2017.
O encontro se iniciou com a exposição do Superintendente Regional da Caixa, Francisco Elizomar Guimarães, a respeito das parcerias já em andamento junto à atual administração. Ao todo são 6 os contratos já existentes: construção do Matadouro Municipal, obras de saneamento, elaboração de projeto para obras de drenagem na zona leste, construção do CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados, sinalização turística e o CIE -Centro de Iniciação Esportiva
Segundo informação do Superintendente Elizomar Guimarães, Parnaíba tem cerca de 20 mil famílias dentro do perfil de atendimento do bolsa família (dados do IBGE) mas apenas 12 mil famílias são cadastradas. Ele chamou a atenção do prefeito eleito Mão Santa para que seja feito um trabalho junto ao governo federal no sentido de aumentar o número de beneficiados, “o que aumentaria o incremento de recursos na cidade em torno de um milhão de reais mensal”, disse.
O prefeito eleito Mão Santa, por sua vez, solicitou aos diretores da Caixa maior apoio aos pequenos empresários e voltou a dizer de sua disposição em privilegiar, durante o seu governo, o pequeno empreendedor. “Que se alarguem os investimentos às pequenas empresas, ampliando as linhas de crédito; e que o senhor veja a capacidade de endividamento do município porque queremos asfaltar toda a cidade”, pontuou Mão santa, reafirmando que os produtos da merenda e o fardamento escolar do município serão comprados na cidade, junto aos pequenos comerciantes. “O dinheiro da prefeitura vai ser gasto aqui”, frisou.
Mão Santa lamentou ainda o atraso na conclusão da obra do matadouro municipal, cujo contrato foi firmado com a Caixa em 2007 e só possui 60% das obras concluídas. “Isto é uma vergonha, para a grandeza de Parnaíba. Cidades bem menores já têm seu matadouro. E quando governanamos a cidade deixamos um construído. Que a Caixa se empenhe para concluir a obra”, solicitou Mão Santa.  Na ocasião os diretores da Caixa foram informados por membros da equipe de transição do novo governo a situação de sucateamento em que se encontram equipamentos já adquiridos para o matadouro e nunca utilizados.

Nova reunião ainda esta semana ficou agendada entre os diretores locais da Caixa e a equipe de transição do prefeito eleito, a fim de sejam feitos os novos encaminhamentos com vistas ao andamento das atuais parcerias e a possibilidade novos investimentos da Caixa nos vários setores da administração.
Texto:Bernardo Silva
Fotos:Bruno Santana