Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Mão Santa preocupado com a situação das escolas da Rede Municipal de Ensino

                       Mão Santa conheceu de perto a Escola Roland Jacob
O prefeito eleito de Parnaíba, Mão Santa, sempre que concede entrevistas à imprensa, não se cansa de dizer que, pelas informações que recebe da equipe de transição por ele nomeada, a herança que o atual prefeito Florentino do PT vai lhe deixar é o caos em todos os setores.  
E chama a atenção para a Escola Municipal Roland Jacob, a maior estrutura que o município possui na rede municipal de ensino. Era uma escola modelo, que funcionava nos 3 turnos e já teve até 2.400 alunos matriculados. Hoje, segundo informações de professores da Escola, a procura por matrículas foi reduzida e existem apenas 400 alunos matriculados num único turno. E o prefeito atual nunca foi lá, segundo informação dos professores. “Se uma escola que era padrão está assim, imaginem as escolas do Rebentão e do Olho D`água”, comenta Mão Santa, referindo-se às escolas da zona rural.
Saúde

Mão Santa quer audiência com o Ministro da Saúde para fazer uma reavaliação sobre o funcionamento da UPA de Parnaíba, construída mas ainda sem funcionar por falta de equipamentos. Ela seria para atender pacientes de 11 municípios da planície Litorâneas, uma verdadeiro convite para a prática da ambulânciocracia, onde o dinheiro da saúde seria usado pelos 11 prefeitos apenas para comprar ambulâncias, mandando os pacientes serem tratados em Parnaíba, sem darem nenhuma contrapartida. Mão Santa disse que assim não tem condições.