Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 13 de novembro de 2016

PREFEITO ARROJADO

Por: Pádua Santos(*)
O jornal Norte do Piauí de número 4000, do dia 27 último, na sua primeira página, traz um considerável elenco de obras construídas em nossa cidade pelo então prefeito Dr. Paulo Eudes Carneiro.  Confesso que esta matéria me surpreendeu. Por dois motivos: primeiro porque constatei que há mais de uma década daquele vasto empreendimento é esta a primeira vez que a imprensa parnaibana se deu conta de sua existência; segundo, porque foi tanta coisa que nem eu, que era, à época, o seu vice, tive o necessário conhecimento. Considerando-se, todavia, que fui um vice não engajado na feitura de tais obras, até porque entendia, como entendo até hoje, que o vice não deve atuar estando o prefeito vivo e no exercício do mandato. E o Dr. Paulo, durante nossa gestão, não foi afastado do cargo tampouco morreu, graças a Deus. E este longo tempo de silêncio da mídia constituiu-se numa injustiça ao empreendedor e arrojado prefeito, como também não deixa de ser uma nova injustiça excluir o dito jornal, no referido elenco publicado, uma de suas obras principais – aquela que eu vi nascer e morrer: o saudoso Jardim dos Poetas.
(*)Pádua Santos é escritor, da Academia Parnaibana de Letras
Foi vice-prefeito de Parnaíba
A matéria publicada no Jornal "Norte do Piauí":

PAULO EUDES PARA O MEIO AMBIENTE
                                     Mão Santa e Paulo Eudes
Se se confirmar a escolha do ex-deputado e ex-prefeito Paulo Eudes Carneiro para assumir, no governo Mão Santa, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, muito ganhará Parnaíba. Competência e largo conhecimento sobre as questões que afligem o Município não faltam ao ex-prefeito(2001/2004). Foi Paulo Eudes que elaborou o Plano de Desenvolvimento Local Integrado do Município, sem o qual Parnaíba estaria preferida de receber qualquer tipo de recurso financeiro do Governo federal ou mesmo de instituições internacionais, e, com base neste, construiu o Mercado da Quarenta; deixou iniciado o Matadouro Público; Construiu o conjunto habitacional de apartamentos em favelas dos bairros Mendonça Clark e São José; desapropriou prédios do centro da cidade antecipando-se às recomendações de preservação do Sitio arquitetônico histórico consagrado pelo IPHAN(Instituto do Patrimônio Histórico – Arquitetônico Nacional); construiu o “Museu do Trem”; inaugurou o centro Artesanal no antigo prédio da firma Moraes S/A – centro comercial/ cultural – da cidade; deixou recursos alocados no orçamento do governo federal para, em parceria com o Município, pavimentar vários bairros, incluindo-se as artérias vicinais urbanas, a exemplo da Avenida Francisco Borges do Santos; na área da educação avançou na construção e ampliação de novas unidades, além de haver inaugurado, como obra inédita, um centro de línguas em prédio da Praça Engenheiro Miguel Furtado Bacellar(antiga esplanada da estação rodoviária).
Não há como negar, repete-se: “se se confirmar a escolha de Paulo Eudes Carneiro para compor o Secretariado de Mão Santa, muito lucrará Parnaíba. A pasta que vem sendo anunciada é a do meio ambiente, nitidamente abandonada, à mingua de recursos e até mesmo de ausência de iniciativas dos dois últimos prefeitos: José Hamilton e Florentino Neto.
É evidente que Paulo Eudes necessitará de muito apoio para, com independências e firmeza no agir, enfrentar sérios e graves problemas que se arrastam ao longo de mais de uma década, a exemplo de dois deles que exigem providencia imediata: a “lagoa do portinho”, hoje praticamente inexistente e a “lagoa do bebedouro”, agonizante pelo acumulo de dejetos criminosamente jogados no seu leito.
Médico renomado, ressalta-se a bem de verdade, terá prejuízo patrimonial – financeiro se assumir qualquer encargo na publica administração, mas, para quem o conhece, sabe que, para ele o importante é poder, sempre que possível, contribuir para o engrandecimento da cidade e do povo conterrâneo.(RB)