Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Presidente de Câmara chama notícia do 180 de 'irresponsável'; tem razão

Por Rômulo Rocha - Enviado a Parnaíba
O presidente da Câmara Municipal de Parnaíba, que tem nome de cantor sertanejo, mas é na verdade um político, o Gustavo Lima, chamou uma publicação do 180 que divulgou a folha de pagamento da Casa Legislativa de “irresponsável”. É a que traz o título "Nova lista: os nomes e salários dos funcionários da Câmara de Parnaíba".
O vereador está correto. Porque como um dos sentidos da palavra levaria a crer que o portal não pode ser responsabilizado pela falta de transparência de um dos poderes do município localizado no extremo norte do estado, então não seria exagero pensar assim: portal irresponsável.
Mas, tomando-se o contexto com o qual a palavra foi divulgada em nota repassada para vários e-mails de meios de comunicação e jornalistas, o adjetivo pejorativo pode ter um efeito reverso, voltando-se para o próprio presidente, visto que é inadmissível que uma Casa Legislativa, que produz leis, não respeite as leis existentes no ordenamento jurídico do país. Muito menos que um presidente desse Legislativo não saiba o que se passa debaixo do seu próprio nariz.
A Câmara de Parnaíba: 160 funcionários trabalhando lota suas dependências.
A Câmara de Parnaíba, embora com 160 servidores, trazia “zero” na informação sobre a quantia de funcionários que, em tese, trabalhariam na Casa. Isso no seu Portal da Transparência, onde informações deveriam constar para a "sociedade", para que ela pudesse fazer o acompanhamento de quem trabalha ou não trabalha para o Povo, pelo Povo e em prol do Povo.
A nota divulgada pela instituição é vaga. Vaga e fraca. Ao invés de pedir desculpas públicas para a população parnaibana pela falta de transparência, brinca com o bom senso e a paciência dela, afirmando que o 180 procurou jogar "a sociedade" daquele município contra a Casa que é do Povo, a quem os vereadores, simples funcionários públicos, deveriam deixar informado e dar satisfações.
A Câmara não faz o dever de casa e procura um culpado. Inadmissível. Então, quem é o "irresponsável", presidente?
LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO LINK ABAIXO: