Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 12 de fevereiro de 2017

SEDUC DIZ QUE ESPERA PROFESSORES NAS ESCOLAS

MESMO APÓS SINDICATO DECIDIR PELA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE, SECRETARIA AFIRMA QUE ESPERA DOCENTES PARA INICIAR ANO LETIVO NESTA SEGUNDA-FEIRA (13)
Por Gustavo Almeida
Rejane mantém confiança para início das aulas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)Rejane mantém confiança para início das aulas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)
Apesar do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Piauí (Sinte) ter decidido pela deflagração da greve da categoria em todo o estado, a Secretaria de Educação diz que espera os professores nas salas de aula nesta segunda-feira (13). A data marca o início do ano letivo, conforme cronograma definido pelo governo do estado.
Os professores não aceitam o parcelamento do reajuste do piso, não concordam com a ausência de proposta para funcionários e alegam falta de estrutura nas escolas. O governo do Piauí concedeu aumento de 7,64% no piso, parcelado em duas vezes. A primeira parcela foi paga em janeiro e a outra começará a ser deposita a partir de julho.
Ao Política Dinâmica, a Seduc disse que preparou todas as escolas e que espera os docentes nas salas de aula para iniciarem as atividades. Uma solenidade de abertura do ano letivo prevista para esta segunda-feira (13) está mantida e será realizada na Escola Profissionalizante José Pacífico, na região do grande Dirceu em Teresina.
Professores decidiram pela greve na sexta-feira (10) em Teresina (Foto: Divulgação/Sinte/PI)Professores decidiram pela greve na sexta-feira (10) em Teresina (Foto: Divulgação/Sinte/PI)
“A gente preparou as escolas e espera os professores. Eles já fizeram, inclusive, a semana pedagógica. Esperamos que eles entendam a situação que o país e que vários estados estão passando. O Piauí pelo menos se propôs a pagar, enquanto os outros não estão se propondo a pagar esse piso”, disse a Seduc por meio da assessoria.
O governo afirma que o Piauí é o único estado do país a pagar o reajuste linear de 7,64% para os docentes. O secretário de Administração Franzé Silva diz que a maioria dos estados está com salários dos servidores atrasados e sem condições de dar reajuste. Segundo ele, apenas o Piauí está oferecendo aumento superior ao piso nacional.
O sindicato exige o pagamento integral do reajuste de uma só vez. O valor do piso pago aos professores do Piauí será de R$ 2.836,93, maior que o nacional que é de R$ 2.298,80