Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Servidores da educação suspendem movimento e se preparam para greve nacional

Governo apresentou a proposta de antecipar o percentual de 3,64% para maio

Os trabalhadores da Educação suspenderam o movimento grevista. Reunidos em assembleia geral nesta segunda-feira (20), no Clube do Sinte, os servidores decidiram ainda permanecer em estado de greve e fortalecer a mobilização da greve nacional da educação que inicia dia 15 de março.

Segundo a categoria, o governador Wellington Dias (PT) apresentou a proposta de antecipar o percentual de 3,64% para maio, sendo o pagamento efetivado na folha de junho. O Governo garantiu ainda que em abril sentaria com o Sindicato para apresentar uma proposta para os funcionários de escola.

“A CNTE encabeçou, e as centrais sindicais abraçaram uma greve geral nacional que inicia dia 15 de março contra a reforma da previdência. E é de extrema importância que os trabalhadores em educação fortaleçam esta greve nacional”, enfatizou a presidente do Sinte-PI, Odeni Silva.
O Sinte afirma que está elaborando um calendário de mobilização para discutir a reforma da previdência em todos os Núcleos Regionais, alertando da necessidade de mobilização contra essa reforma nefasta