Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Parnaíba terá operação policial por tempo indeterminado

Após série de homicídios a Secretaria Estadual de Segurança enviará policiais do Bope, Robe e cavalaria da PM. Foram quatro assassinatos em pouco mais de 24 horas.

Secretário Fábio Abreu disse que reforço policial será mantido na cidade por tempo indeterminado (Foto: Catarina Costa/G1 PI)
Após registrar uma série de homicídios, Parnaíba, no Litoral do Piauí, irá receber a partir desta quinta-feira (4) reforço policial. A Secretaria Estadual de Segurança realizará, por tempo indeterminado, a Operação Saturação. Foram quatro assassinatos em pouco mais de 24 horas.
De acordo com o secretário Fábio Abreu, equipes do Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (BpRone), policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e ainda cavalaria da Polícia Militar, devem reforçar o patrulhamento ostensivo em Parnaíba.
“Será uma operação por tempo indeterminado. Manteremos o reforço até que as equipes de Parnaíba tenham condições de continuar esse trabalho”, falou Fábio Abreu. O secretário não mencionou quantos policiais devem ser enviados ao Litoral.
Adolescente foi assassinado próximo de sua residência no bairro Piauí na manhã da terça-feira (Foto: Kairo Amaral/Meio Norte)
O clima de insegurança na cidade imperou nos últimos dois dias com o registro de quatro homicídios. O caso mais recente ocorreu na manhã da terça-feira (2), quando um adolescente de 15 anos foi executado a poucos metros de sua residência no bairro Piauí. Segundo a Polícia Militar, vizinhos relataram que ouviram os disparos e chegaram a ver duas pessoas em um moto fugindo do local. Ninguém foi preso ainda.
No feriado da segunda-feira (1º), três pessoas foram assassinadas. Durante a noite, um homem foi executado dentro de um táxi em frente ao Terminal Rodoviário de Parnaíba, na Avenida Pinheiro Machado. A vítima, segundo a Polícia Militar, era um homem já investigado por tráfico de drogas.
Na madrugada, outras duas pessoas foram mortas. Sebastião Francisco Pereira, 67 anos, foi executado a tiros dentro da própria casa por volta das 2h. O outro homicídio aconteceu no bairro Nossa Senhora do Carmo. A vítima, segundo a polícia, era um ex-presidiário e o crime teria sido cometido por acerto de contas. Foram pelo menos 13 facadas e o rapaz ainda chegou a ser atingido por uma pedrada na cabeça. Os suspeitos são três irmãos que foram presos ainda em flagrante.
Todos os casos estão sob investigação na Delegacia de Homicídios de Parnaíba, divisão recém-criada.

Por Patrícia Andrade/G1 | Edição: Jornal da Parnaíba