Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 17 de maio de 2017

RUBEM MARTINS DIZ QUE PIAUÍ É ASSALTADO POR "ASPONES" DO GOVERNO

DEPUTADO CRITICA GRANDE NÚMERO DE ASSESSORES COMISSIONADOS NA ADMINISTRAÇÃO ESTADUAL E FALA EM CAMPANHA POLÍTICA ANTECIPADA DE WELLINGTON
O deputado estadual Rubem Martins (PSB) comentou nesta quarta-feira (17) em entrevista ao Política Dinâmica o grande número de assessores comissionados no governo do Piauí. Conforme reportagem do jornal Diário do Povo, são 341 pessoas lotadas somente na Governadoria, o que gera um custo de R$ 1,5 milhão por mês na folha de pagamento da Secretaria de Governo. A quantidade de comissionados no Piauí é maior que a da Inglaterra.
“Isso é um grande exagero e uma grande aberração do governador Wellington Dias. Quando todo o país está em crise, reduzindo custos operacionais e o custeio da folha de pagamento, o governador do Piauí acha que tem que aumentar as despesas com pessoal. E são pessoas aspones [sigla de assessores de p**** nenhuma]. É só acomodação política, porque ele infelizmente já entrou na campanha política antecipada”, falou o deputado.
Rubem engrossou o tom contra Wellington e afirmou que ele acaba de quebrar o Piauí. O parlamentar do PSB, irmão do ex-governador Wilson Martins, chegou a dizer que o estado está sendo assaltado e que o governador já está em campanha pela reeleição. Ele sustenta que o Piauí será levado ao fracasso com o atual modelo de gestão adotado por Wellington.
“O estado não vai aguentar mais um mandato do governador Wellington Dias porque ele acaba de quebrar o Piauí. Ele está em campanha política e o governo do estado está sendo assaltado por tanta gente que ele está botando, de forma que isso vai levar o Piauí ao fracasso e ao desastre. Só não está ainda por conta dos recursos de empréstimos que o governador Wilson Martins deixou”, disse.