Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Vereador Joãozinho do Trânsito volta a pedir em favor da Lagoa do Bebedouro

                                        Lagoa do Bebedouro
Um olhar diferenciado do Poder Público, com uma limpeza básica para a Lagoa do Bebedouro. Foi este o pedido feito ontem, através de requerimento, pelo vereador Joãozinho do Trânsito, durante sessão na Câmara Municipal. Um pedido que nos últimos 4 anos foi feito insistentemente por vários outros vereadores, na legislatura passada. E foi durante o ano passado que o ex-prefeito Florentino Neto chegou a prometer um projeto para aquela lagoa, anunciando até que recursos já estavam assegurados na Caixa Econômica Federal, aguardando resultado da licitação para a execução de projeto já elaborado.
                               Vereador João do Detran (ao centro)
O vereador Joãozinho lembrou ainda que, apesar das críticas dos opositores dele, foi o ex-prefeito Zé Filho o único gestor municipal que quis dar valor àquela área verde, um privilégio para os parnaibanos que possuem uma lagoa sempre cheia na zona urbana da cidade, caso raro no país. “Zé Filho conseguiu investir na lagoa, graças ao então deputado federal Mussa Demes, que destinou emenda parlamentar e que tinha o apoio em Parnaíba do grupo do grupo político do ex-deputado Moraes Sousa (pai do Zé Filho). Cadê nossa representação federal que não ajuda?”- questionou o vereador Carlson Pessoa.
É importante frisar que, além dos recursos que o ex-prefeito Florentino disse que havia para investir na lagoa, disse também que havia, desde 2013, 700 mil reais para o Shopping dos Camelôs. Isso junto com os quase 10 milhões que o ex-prefeito José Hamilton chegou a anunciar para investimentos em saneamento da área do Piscinão, no bairro Piauí, para acabar com os alagamentos. Tudo isso daria um bom dinheiro para ser utilizado agora pelo prefeito Mão Santa, em obras pequenas mas que o povo necessita. E nem falamos nos recursos que vieram do governo federal para aplicar na Pedra do Sal e que a Prefeitura teve que devolver...