Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Farra das passagens: Políticos do PI que poderão ser alvos do MPF. Lista

Tem até finado na lista divulgada por Congresso em Foco, nesta quarta-feira (30/08), de políticos dos quais o Ministério Público Federal pretende cobrar cerca de R$ 50 milhões pelo uso indevido ou injustificado de passagens aéreas, entre 2007 e 2009.
Do Piauí, aparecem os nomes de Antônio José Medeiros, Átila Lira, B.Sá, Ciro Nogueira, Paes Landim, Nazareno Fonteles, Júlio César, Marcelo Castro, Osmar Júnior.
A lista traz ainda os nomes dos falecidos Alberto Silva e Mussa Demes, que deverão ser excluídos após levantamento para atualização dos dados pelo Ministério Público Federal. São citados porque o inquérito se arrasta há anos, e muitas informações ainda serão checadas pelos procuradores.
São ao todo 558 nomes de todo país. Políticos que hoje são governadores (DF, MA e SE), ministros de Temer, ministros do TCU e prefeitos, entre atuais deputados e senadores.
A suspeita do MPF é que mais de 76 mil bilhetes aéreos foram emitidos irregularmente.
Serão abertos processos para ressarcimento aos cofres públicos e de improbidade administrativa, em alguns casos. Segundo Congresso em Foco, a procuradora Sara Moreira Leite informou que "quem devolver o dinheiro antes se livra de um processo".