Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

VALENTES:"Políticos piauienses chamam Senador de narcotraficante"

Por Tarcio Cruz 
O vereador Dudú (PT) e o deputado Estadual João de Deus (PT) criticaram a atuação do senador Zezé Perrella (PMDB-MG) que atacou em plenário a senadora Regina Sousa (PT-PI) acusando-a de tentar destruir a reputação dele como Senador e disse que Regina era “Burra”. Dudú classificou Perrella como narcotraficante e lamentou os episódios de intolerância do Senador com a parlamentar piauiense.
Senador Zezé Perrela (PMDB-MG)Senador Zezé Perrela (PMDB-MG)
Em 2013, a Polícia Federal do Espírito Santo apreendeu no interior do Estado, 450 kg de pasta-base de cocaína e R$ 16 mil em um helicóptero da Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual mineiro Gustavo Perrella (SDD), filho do senador Zezé Perrella. Segundo o senador ele não tem qualquer envolvimento com a denúncia e o caso já foi resolvido na justiça.
Em entrevista, Dudú lembrou também o caso do helicóptero de Perrella e afirmou que o parlamentar não possuí integridade para criticar Regina Sousa. 
Vereador Dudú (PT)Vereador Dudú (PT)
“Notem que recentemente um Senador da República que teve o nome dele envolvido em um caso de um avião com quase 500 kg de cocaína, que está sendo investigado, teve a audácia de desacatar e de desrespeitar uma colega parlamentar de Senado. A Regina para mim é um espelho de ética e de honra porque convivo com ela há mais de 33 anos e nunca vimos ela desrespeitar ninguém”, concluiu. 
 Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (24/08) Dudú também afirmou que um Senador narcotraficante não poderia criticar a Senadora petista.
João de Deus também endossou o coro e afirmou que o episódio da apreensão de drogas é um fato real e concreto. 
Deputado Estadual João de Deus (PT)Deputado Estadual João de Deus (PT)
“O senador Zezé Perrella não quer que ninguém toque naquele episódio (fazendo referência a apreensão de cocaína), imagine se isto tivesse ocorrido com alguém do PT, a carga que até hoje estariam colocando sobre o partido. Se fosse alguém do Partido dos Trabalhadores envolvido com este assunto já estaria preso” finalizou o parlamentar.