Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

REVISTA CITA MARCELO E CIRO EM ESQUEMA DE PROPINA

PARLAMENTARES DO PIAUÍ TERIAM RECEBIDO QUANTIAS MILIONÁRIAS EM ESQUEMA LIDERADO PELA JBS
O deputado federal Marcelo Castro (PMDB) e o senador Ciro Nogueira (PP) são citados em reportagem da revista Época, que trata da compra de políticos brasileiros pela empresa JBS. De acordo com a denúncia, a propina paga a vários políticos no país teria alcançado o valor de R$ 1,1 bilhão.
Desse valor, o senador Ciro Nogueira teria recebido R$ 2,8 milhões no ano de 2014. Segundo a revista, “Ciro recebeu em dinheiro vivo, retirado da Comercial Carvalho, uma das clientes da empresa de Joesley Batista. O valor entregue a Ciro foi retirado de um caixa formado pela JBS com propina devida ao PT por negócios feitos com o BNDES, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social".
O senador do Piauí também teria recebido dinheiro que a JBS devia ao PT. "Era dinheiro sujo devido ao PT pela ajuda dada na expansão da JBS". Esse dinheiro era mantido no JP Morgan nos Estados Unidos. De acordo com a denúncia, chegava a US$ 150 milhões.
O deputado federal Marcelo Castro teria participado de esquema de distribuição de propina liderado pelo ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Segundo planilha, o deputado do Piauí recebeu R$ 1 milhão do esquema de Cunha.
A reportagem tentou entrar em contato com Ciro Nogueira e Marcelo castro, mas não obteve retorno.  (Política Dinâmica)