Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 27 de agosto de 2017

Sindicato dos Médicos denuncia Instituto Estadual de Saúde do Piauí

Uma audiência pública discutiu as acusações, na 1ª Vara da Fazenda Pública. As acusações são a respeito do plano de saúde IAPEP/PLAMTA.
RAYANE TRAJANO
O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (IASPI), responsável pelo plano de saúde IAPEP/PLAMTA, foi denunciado pelo dos Médicos do Estado do Piauí. No último dia 23 de agosto uma audiência pública discutiu as acusações, na 1ª Vara da Fazenda Pública.
O sindicato alega que a direção do IASPI está cometendo várias arbitrariedades, dentre elas: a exigência da obrigatoriedade de o médico constituir pessoa jurídica, glosas de procedimentos e consultas previamente autorizados, exigência do médico comprar o software do leitor biométrico por preços exorbitantes, que é de única responsabilidade do plano e a inexistência de contrato, quando não, obrigam os médicos a assinarem contratos de adesão, que são unilaterais e só asseguram direitos do plano.
Além do Sindicato, representado pelo presidente Samuel Rêgo, a diretora Lúcia Santos e assessoria jurídica, participaram da audiência, o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Dr. Aderson Nogueira, o Promotor de Justiça Edsel Beleza, representando o Ministro Público do Estado e ainda, representando o Conselho Regional de Medicina,Dagoberto Barros e assessoria jurídica, que manifestou apoio aos médicos.