Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Candidato ao governo terá R$ 8 milhões para campanha

Por Wesslley Sales 
Em 2018 cada candidato ao Governo do Piauí pode ter um limite de gastos de campanha de R$ 8 milhões. Esta é uma das definições previstas para a próxima semana no plenário da Câmara com a conclusão da votação da proposta de Reforma Política. Para a presidência da República o valor chega a R$ 150 milhões para cada um dos pretendentes a chefe do Executivo no país.
Para se ter um comparativo de gastos, voltemos a 2014, quando os candidatos podiam gastar o quanto quisessem em suas campanhas. O então governador Zé Filho (PMDB) consumiu oficialmente R$ 6.772.048,31, quase R$ 2 milhões a mais que o eleito Wellington Dias (PT), que desembolsou R$ 4.828.823,39. Apesar dos altos valores, os dois candidatos ficaram abaixo da previsão de custeio, que era de R$ 20 milhões e R$ 5 milhões, respectivamente.
Cada candidato ao Governo do Piauí pode gastar até R$ 8 milhõesCada candidato ao Governo do Piauí pode gastar até R$ 8 milhões
De acordo com o texto, o teto máximo para cada cargo é definido pelo número de eleitores no Estado. Neste caso, o Piauí, com pouco mais de 2.388 milhões de votantes teria ainda como limite de gastos para os candidatos ao Senado de R$ 3,5 milhões, deputados federais R$ 2.5 milhões e estaduais R$ 1.5 milhão.
Também deve ser definida na próxima terça-feira (26/09) a criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia (FFD), que nada mais é do que garantir dinheiro público para bancar as campanhas através do Projeto de Lei 8612/17. Uma das propostas é do deputado Vicente Cândido (PT-SP), que pode garantir R$ 4.6 bilhões através de parte das emendas de bancada.