Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Ministro da Saúde garante liberação de R$ 500 mil para continuidade das obras do CER de Parnaíba

Foto: Ascom
Ao lado do senador Ciro Nogueira (PP-PI), a secretária da Educação, Rejane Dias, esteve em audiência, nesta segunda-feira (11/09), com o ministro da Saúde, Ricardo Barros.  Solicitaram a liberação de cerca de R$ 500 mil correspondentes à segunda parcela dos recursos previstos para a continuidade das obras do Centro Especializado em Reabilitação de Parnaíba Daniely Dias.
Os recursos foram garantidos pela secretária Rejane Dias, que, na condição de deputada federal, destinou emenda parlamentar no valor de R$ 4,5 milhões para a construção do centro. O projeto está orçado em R$ 5 milhões, incluindo a contrapartida do Tesouro Estadual. “É uma emenda impositiva e o ministro garantiu que vai liberar todo o recurso necessário para construção do Centro de Reabilitação”, assegura a secretária.
Segundo Rejane Dias, o governo federal liberou, até o momento, R$ 100 mil para iniciar a obra, “que já está com uma medição de mais de 13 por cento”. O governo estadual contribuiu com a metade da contrapartida prevista.  “Estou muito feliz por poder contar com o apoio do senador Ciro Nogueira no sentido de agilizar a liberação desses recursos junto ao Ministério da Saúde e à Caixa Econômica Federal, porque a obra já foi iniciada.”
Cronograma
A expectativa é que o CER de Parnaíba seja entregue em setembro do próximo ano. “Nosso esforço é para que não atrase esse cronograma de execução da obra”, destaca a secretária Rejane Dias.
O complexo de reabilitação funcionará na Rua Mira Rios, entre as Ruas “D”, Rua Fausto Barros e a estrada para o lugar Rosápolis, bairro São Vicente de Paula.
O CER de Parnaíba será a primeira unidade no território de desenvolvimento da Planície Litorânea a oferecer os serviços nas modalidades de deficiência física, visual, intelectual e auditiva, e terá a capacidade de atender, por mês, uma média 700 pacientes de Parnaíba e região. “Será no mesmo formado do Ceir de Teresina, que hoje é referência no Brasil”, afirma. “O espaço vai contar com médicos especializados, terapeutas e outros profissionais da área de saúde.” (Portalaz)