Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Vereadora Neta desabafa, explica voto em Geraldinho e anima a base aliada do prefeito

A corrida para as eleições da mesa diretora da Câmara Municipal de Parnaíba ganha ritmo acirrado e novos desdobramentos a cada dia. Hoje (05), os vereadores presenciaram desabafos e viram possibilidades de novas adesões à reeleição de Geraldinho para presidente.

A sessão ordinária foi antecipada para o meio-dia e muitas surpresas foram acontecendo durante e depois do expediente. A começar pela fala do vereador Joãozinho da Unimagem que disse à nossa reportagem: “Não abro mão dessa disputa, e vou até o fim”.
Em seguida a fala da vereadora Neta Castelo Branco de Sousa (DEM), que desabafou nos microfones da casa sobre o que ela classificou como momento de surpresas em sua vida. Sem citar nomes, Neta mostrou-se insatisfeita politicamente, e disse que esse sentimento vem desde o ano passado, onde o que ela chama de complô dificultou no processo de reeleição dela.

A vereadora destacou bem a palavra fidelidade, e disse que votará em Geraldo Alencar por convicções dela, ressaltando a avaliação que tem feito sobre a gestão do atual presidente.

“Eu dei minha palavra e digo para todos saberem, eu voto no Geraldinho porque estou vendo que sua gestão tem feito muito bem a esta casa; (...) vai inclusive concretizar um grande sonho meu que é a instalação do elevador nesta câmara, que eu deixei o dinheiro mas não sei porque não foi feito” disse Neta.

A vereadora explicou que antes de tomar a decisão procurou o vereador Beto (PP), para comunicá-lo sobre seu voto, deixando claro que agiu assim porque Beto foi o mais coerente dos vereadores com ela, após a derrota para Geraldinho em janeiro deste ano.
Mesmo sabendo da diferença entre os dois, eu digo isso porque o Geraldinho teve a decência de dizer pra mim faltando dois dias para a eleição, que não votaria em mim, e eu respeitei os motivos dele” comentou a vereadora.

A vereadora que a princípio disse que não iria compor a base aliada de Mão Santa indo para a mesa, informou que recebeu um telefonema do prefeito dizendo que homenagearia seu filho falecido no ano passado, e que esse gesto do prefeito a deixou muito confortada.

“Poucas pessoas fizeram o que o prefeito Francisco de Assis Moraes Souza fez para mim com isso, só eu sei o que eu estou sentindo e que vou sentir pelo resto da vida com a perda do meu filho” desabafou.

Neta fechou sua fala afirmando que só não vota em Geraldo Alencar se não estiver mais viva, e que isso bastaria para dizer o quanto ela se empenhará para reconduzi-lo ao cargo de presidente da câmara.
Geraldinho agradeceu a fala da vereadora e encerrou a sessão. Ao final eles conversaram fora dos microfones, o líder do governo, vereador Carlson Pessoa (PPS) saiu do plenário da câmara com um largo sorriso diante do que viu. Carlson sempre cortejou o apoio da vereadora e agora se torna real.
No gabinete do presidente aguardavam os vereadores André Neves (PDT) e Daniel Miranda (PRB). Logo depois chegou por lá o vereador Ricardo Veras (PSD). Na saída nenhum deles quis comentar o que foi tratado, mas há quem defenda a adesão de Miranda e Veras.
Nossa reportagem também apurou que o processo de votação que tradicionalmente acontece no mês dezembro, poderá ser antecipado para os próximos dias. Se isso ocorrer, Geraldinho vence com ampla vantagem o adversário de chapa, Joãozinho da Unimagem, e daria um cheque mate antecipadamente.(Fonte:Blog do Tiago Mendes)