Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Governador prevê atraso de obras e diz que pagar folha é prioridade

O discurso do governador Welington Dias (PT) é geralmente otimista, mas quarta-feira última ele adiantou que as obras deverão atrasar. Ontem, o secretário de Fazenda Rafael Fonteles declarou que o Estado se encaminha para pagar apenas impostos e folha de pagamento.
Segundo Wellington, o governo está precisando fazer um novo planejamento, devido à queda da receita vinda da União, que foi superior a R$ 160 milhões. “Tivemos um crescimento de R$ 80 milhões na receita própria, mas a economia do Brasil reflete no Piauí. Quando isso acontece, temos que replanejar”, disse.
Uma das medidas, de acordo com o governador, é ‘estender o prazo das obras. “Tem um cronograma, mas se tem uma obra para fazer em 10 meses, vamos fazer em 15, 20 meses. Não vamos parar, mas vamos elastecer”, afirmou, reforçando que a prioridade é manter a folha de pagamento dos servidores em dias.
Aumento de impostos
O governador também comentou que é preciso ter coragem para adotar algumas medidas e foi taxativo que não vai recuar. Ele se referia ao projeto que aumenta a alíquota de impostos para alguns setores. “O Piauí precisa disso. Temos que garantir o equilíbrio do Estado”, disse.
Segundo Wellington Dias, a política fiscal adotada agora é a mesma que foi feita em 2015. “É preciso coragem para encontrar as alternativas nesse instante e não é só a política de reajustamento em impostos que vai resolver”, declarou, citando a política de regularização fundiária, que aumenta a arrecadação do Estado, e a negociação de débitos da dívida ativa
Por: Nayara Felizardo