Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Governador:De que valeu a viagem ao Canadá?

Por:Cláudia Brandão
Depois da rebelião e fuga de presos na penitenciária Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina, no último fim de semana,  o governador foi pedir socorro ao governo federal, que prometeu enviar 100 profissionais da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária, a mesma que socorreu os presídios de Manaus e Natal, no início do ano. O que aconteceu aqui no Piauí, apesar de grave, nem de longe se assemelha ao tamanho e à  complexidade do que houve nas outras duas cidades. Ainda assim, o estado não consegue assumir o controle da situação.
A crise no sistema prisional piauiense não é de hoje, nem limita-se apenas à penitenciária de Esperantina. Este mês, um escândalo de proporção internacional foi revelado com a descoberta de uma criança escondida debaixo da cama de um detento que cumpre pena por estupro. As mortes dentro de presídios se tornaram comuns.
O governador chegou a ir ao Canadá para aprender um pouco sobre como gerir o sistema prisional. Ao que parece, a viagem não adiantou muito. O secretário de justiça, Daniel Oliveira, ainda não apresentou até agora um plano eficaz para gerir as penitenciárias do estado, que continuam a manchar a imagem do Piauí e a aterrorizar a população, a cada vez que há uma fuga em massa, como essa de Esperantina.