Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

LULA QUER W.DIAS CANDIDATO A SENADOR, DIZ JORNAL

DE ACORDO COM REPORTAGEM, EX-PRESIDENTE SUGERIU QUE O AMIGO DESISTA DA REELEIÇÃO CASO ELE SEJA IMPEDIDO DE CONCORRER À PRESIDÊNCIA
Wellington recebeu sugestão de Lula 
O governador Wellington Dias (PT) pode desistir de disputar a reeleição e concorrer a uma das vagas de senador em 2018. A informação é do jornalista Marcelo Rocha, em matéria do jornal Diário do Povo desta segunda-feira (23). Segundo a reportagem, o ex-presidente Lula sugeriu ao piauiense que dispute o Senado e lance a atual vice-governadora Margarete Coelho (PP) como candidata ao governo. O deputado Themístocles Filho (PMDB) seria o vice.
Conforme a matéria, a sugestão foi dada duas vezes pelo ex-presidente. A primeira conversa sobre essa possibilidade ocorreu no início de setembro, quando a caravana “Lula pelo Brasil” passou por Teresina. Um membro do Partido dos Trabalhadores, que pediu ao jornal para manter o nome em sigilo, informou que Lula apresentou a ideia projetando a possibilidade dele não ser candidato a presidência da República por conta de problemas com a Justiça.
A segunda tratativa a esse respeito aconteceu este mês, quando Wellington se encontrou com Lula numa viagem ao Sul do país. Nesse encontro, a proposta foi novamente colocada pelo ex-presidente. Com a ideia, o petista piauiense faria dobradinha com o senador Ciro Nogueira (PP) na disputa pelo Senado. Uma das justificativas apontadas foi a importância da união de Nogueira com o grupo político de Wellington nos cenários estadual e federal.
Se Wellington sair, Margarete disputa o governo (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)Se Wellington sair, Margarete disputa o governoPara o governador, foi explicado que a administração do Piauí na próxima gestão será bastante complicada e por isso a alternativa do Senado foi apresentada. Caso o petista venha a ser candidato a senador, ele terá que se afastar do cargo em abril e Margarete Coelho assume o cargo. O petista que revelou a informação disse ainda que o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) também participa da articulação. A esposa dele, Luci Silveira (PP), pode ser a primeira suplente de senador de Wellington com vistas em compromissos futuros.
Procurado pelo jornal, o presidente do Diretório Estadual do PT, deputado Assis Carvalho, considera que a vaga de governador, assim como uma de senador, são do PT. Ele se refere a reeleição de Wellington Dias e Regina Sousa. Porém, ressaltou que esse é um posicionamento dele no momento. Segundo ele, a conjuntura atual pode provocar mudanças de pensamento.
Já o deputado estadual Júlio Arcoverde, presidente estadual do PP, afirmou que nunca ouviu nada sobre a possibilidade de Wellington Dias desistir de disputar o governo do Piauí em 2018 e ser candidato a senador junto com Ciro Nogueira. Segundo ele, o PP está aliado e apoiando a reeleição de Wellington ao Palácio de Karnak.(Política Dinâmica)