Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

O Governador Wellington Dias em Parnaíba nesta quarta-feira: quer se redimir?!!!

Seja bem vindo a Parnaíba, governador! Mas não sei se dá para comemorar a entrega de algumas obras que estão sendo anunciadas para serem entregues hoje. Por exemplo: “depois de um longo e tenebroso inverno” vão inaugurar a Central de Flagrantes. Mas isso soma muito no combate à violência, quando se sabe que as polícias – civil e militar – estão totalmente desestruturadas, sem pessoal, sem o mínimo necessário para trabalharem? São homem valorosos, cujo valor o senhor parece não enxergar.
 Entrega de 12 consultórios odontológicos para prática acadêmica do curso de odontologia da UESPI. Sim, e os demais cursos do Campus de Parnaíba, onde também faltam investimentos mínimos porque o senhor, nesses 12 anos que governa o Piauí, deixou sucatear? Não fez nada, por exemplo, pela reforma do prédio da antiga Escola Miranda Osório, onde funcionava o curso de direito. Ah, vai inaugurar também o Centro de Parto Normal do Hospital Dirceu Arcoverde. Isso não é muito pouco para quem tem prometido tanto?!!!
Mas, por que o senhor enganou o ex-prefeito Florentino Neto e seus vereadores, quando lhes prometeu em Teresina devolver à Parnaíba a Academia de Polícia? Por que o senhor nunca investiu no escritório do antigo IAPEP em Parnaíba? Por que vira as costas para o escritório local do Detran? O Espaço da Cidadania, no centro da Cidade, fechou por que?
Ah, governador! Pelas mentiras, promessas não cumpridas; pelo seu jeitão dissimulado, posando de bom moço, quando na verdade quer que Parnaíba se afunde, embora continue querendo mostrar o contrário para uma meia dúzia que o acompanha... por tudo isso o senhor merecia receber o título de persona non grata.
Sim, em nome de todos os piauienses que não conseguem entender como o senhor diz que as finanças do Estado estão “no osso” mas não toma uma providência efetiva, sequer,  para economizar. Perdulário, o senhor quer aumentar impostos, para que todos paguemos seus gastos excessivos e descontrolados, pura ambição política de quem deseja um quarto mandato e há muito esqueceu de governar. Seu foco é campanha política, permanentemente.

Qualquer governante sério teria vergonha de pagar tantos suplentes, políticos velhos, carcomidos, que o povo não elegeu, mas que o senhor os mantém na Assembleia, para lhe aprovarem as matérias, muitas delas muito longe de serem do interesse do povo. Mas, o ano que vem teremos eleições. E a gente vai se encontrar, na boca da urna. Passar bem!