Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Robert Rios quer informações do TCE sobre recursos do Iaspi

Deputado Robert Rios (PDT).VITOR FERNANDESO deputado estadual Robert Rios (PDT) solicitou ao Tribunal de Contas do Piauí (TCE-PI) informações sobre os recursos do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (Iaspi). O deputado realizou pronunciamento nesta segunda-feira (23) na Assembleia Legislativa do Estado.Robert Rios disse ao Viagora quais informações solicitou ao TCE e explicou o motivo do pedido. “O dinheiro do Iaspi não é dele, é dos servidores. Os servidores pagam o Plamta e utilizam a rede médica e os hospitais não estão recebendo, estão denunciando os convênios. Então, eu estou pedindo ao TCE que diga se o dinheiro do Plamta foi desviado para conta única, se dinheiro de empréstimos consignado foi desviado para conta única e se dinheiro de convênios federais foi desviado para conta única”, especificou.O Plano Médico de Assistência e Tratamento (Plamta) é um plano de assistência à saúde destinado aos servidores públicos estaduais, bem como aos servidores das Empresas Públicas e Sociedade de Economia Mista do Estado do Piauí e seus dependentes, patrocinado e administrado pelo Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (Iaspi).O Sindicato dos Hospitais do Piauí(Sindihospi) suspendeu  desde o dia 11 o atendimento do Plamta e Iaspi Saúde alegando descumprimento do cronograma de pagamento dos prestadores que teria se encerrado um dia antes.No dia 21 do mesmo mês, uma pedagoga relatou falta de atendimento pelo Plamta no Hospital São Marcos. O Hospital esclareceu, por meio de nota, que vários acordos firmados foram rompidos pelo Iaspi/Plamta, o que resultou na suspensão do serviço.Outro ladoA assessora de comunicação da Iaspi, Lúcia Bezerra, disse ao Viagora na tarde de hoje (23) que alguns hospitais já foram pagos e há uma lista dos hospitais que estão atendendo pelo Plamta. “Nós estamos aguardando os repasses da Secretaria de Fazenda. Desde a semana passada começaram a ser pagos e espera-se concluir os pagamentos essa semana ainda”, disse. (Viagora)