Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

13º salário ameaçado

Por:Zózimo Tavares
Cerca de 1,5 milhão de servidores estaduais correm o risco de não receber o 13º até o fim do ano. Segundo o jornal O Estado de São Paulo e a revista Veja, em situação fiscal delicada, os Estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Minas Gerais já enfrentam dificuldades mensalmente para levantar recursos para arcar com a folha de pagamento e seus funcionários devem penar para receber o 13º.
No Piauí, conforme reportagem publicada ontem pelos dois veículos, os servidores públicos já receberam 50% do 13.º, mas o Governo do Estado ainda não sabe como fazer para pagar a segunda parcela, no próximo mês.
A reportagem destaca que, com 99 mil servidores e uma folha de R$ 365 milhões, o Piauí já pagou aproximadamente R$ 180 milhões em 13.º salário neste ano, pois os funcionários recebem a primeira parcela no mês de aniversário.
Para quitar o restante, porém, ainda não há recursos disponíveis. O governo espera levantar recursos com o Refis recém-aprovado pela Assembleia Legislativa, que permitirá que os contribuintes parcelem suas dívidas.
Crise anunciada
A situação de penúria financeira dos Estados não apareceu de uma hora para outra. Ela foi construída ao longo do tempo. Claro que a crise econômica contribuiu para esse colapso, mas ele se deu principalmente por conta do descalabro administrativo e financeiro dos governantes.
Para atender a objetivos eleitorais e políticos, eles não hesitaram em inchar a máquina administrativa, produzindo despesas que ficaram fora de controle, especialmente com a folha de pessoal, por cima da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Mais uma vez, os servidores públicos serão penalizados, enquanto os gestores que causaram todo esse estrago seguramente serão premiados com novos mandatos eletivos.