Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Cheiro de Traição:WELLINGTON NÃO CONFIRMA TER PROMETIDO VICE AO PMDB"

DISPUTA ENTRE CIRO E THEMÍSTOCLES INCOMODA WELLINGTON QUE PEDE QUE ALIADOS DEIXEM DISCUSSÃO PARA 2018
Governador não confirma ter feito promessa ao PMDB (Foto:MarcosMelo/PoliticaDinamica.com)
O governador Wellington Dias (PT) se mostrou incomodado com o clima de disputa causado na base aliada entre o senador Ciro Nogueira (PP) e o deputado Themístocles Filho (PMDB). Segundo ele, ocorre uma antecipação do pleito de 2018 que traz prejuízo não só para o estado, mas para a própria base na Assembleia Legislativa.
Wellington diz não ter poder para evitar as declarações públicas dos aliados, mas afirma que o ideal é que a discussão pela vaga de vice ocorresse apenas em março do próximo ano. Ele afirma que pediu que os líderes evitem o conflito agora.
“Não posso impedir que alguém possa tratar sobre isso. Estou buscando fazer é pedir a todos os líderes de partidos, que tenham a responsabilidade de comigo fazer a governança no estado do Piauí e deixarmos para 2018 essa discussão. É para se reunir e ter dedicação mais forte pelo Piauí. Temos eleição de dois em dois anos no Brasil. É muito intensa a quantidade de eleição no país. Em 2017 não teremos eleição, vamos aproveitar esse ano como se fossem as férias da política”, declarou.
PMDB
Sobre a ameaça dos peemedebistas de votarem em nomes da oposição, caso Themístocles Filho não assuma a vaga de vice, Wellington diz que já conversou com o presidente do PMDB, deputado Marcelo Castro. Ele pediu paciência ao partido. A palavra final só será dada no próximo ano. “
Conversamos com o Marcelo Castro e tem segurança que só em 2018 é que vamos sentar e  tratar. Não há veto de nenhum líder a qualquer líder. Vamos considerar como legítimo todas as posições e propostas apresentadas. Mas eu espero resolver tudo em 2018”, afirmou. (Lídia Brito)