Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Governador Wellington Dias quer endividar ainda mais o Estado do Piauí

Endividamento
Ontem, a Coordenadoria de Comunicação Social do Governo do Estado distribuiu informação sobre a elevada capacidade de endividamento do Estado. Segundo os dados divulgados, com uma dívida de longo prazo de R$ 3,4 bilhões e uma receita de R$ 7,5 bilhões em 2016, em tese o Piauí poderá pegar empréstimos que totalizem até R$ 15 bilhões. 
O valor
Como já tem R$ 3,4 bilhões de dívidas, teoricamente poderia pegar mais R$ 11,7 bilhões, já que de acordo com a Resolução 40/2001, do Senado, os Estados podem contrair empréstimos correspondentes a até duas vezes as suas receitas correntes líquidas anuais.
Autorização
O despacho da Ccom para os meios de informação ocorreu ontem, um dia após os jornalistas serem informados que tramita na Assembleia Legislativa um pedido do Executivo para ampliar as possibilidades de endividamento do Estado. 
Mais dinheiro
A proposta deve chegar nesta segunda-feira à Assembleia. Nela, o Executivo vai pedir que a alteração da Lei nº 6977, de 18 de abril de 2017, que autorizou financiamento de R$ 600 milhões com Caixa Econômica Federal.
Leque
O governo, porém, não quer pegar esse dinheiro na CEF. Pela proposta, os R$ 600 milhões a mais de empréstimos seriam buscados em outros agentes, sejam bancos ou instituições não financeiras. Segundo o governo, objetivo é aumentar as “possibilidades para firmar operações de créditos para promover ações estruturais”.(Portalaz)