Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Mão Santa vai revitalizar Estação Floriópolis e a antiga Fazenda Testa Branca transformando-as em pontos turísticos

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, disse que já determinou à secretária de Infraestrutura, Gracinha Moraes Souza, que realize intervenções na “Estação Floriópolis” (Chafariz), no bairro Catanduvas, que o governo federal reconstruiu em 2012, através do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), mas que, após a recuperação, começaram as reclamações por conta da falta de uma via de acesso, adequada, até para valorizar o local. 
Já pedimos que a secretária Maria das Graças conclua a Avenida, aproximando-a da Br (343); ela vai arrumar uns vagões e vamos botar lá, com uma placa. Quem passar na Br com destino a Luís Correia verá a indicação: “Estação do Amor”. Também já existe contato com uma empresária, que pretende instalar no local uma loja de conveniência, além de outras medidas que estamos tomando para que ali seja transformado também num ponto turístico.
Outro local, atualmente desvalorizado, que Mão Santa pretende tornar novo atrativo turístico, é a antiga fazenda Testa Branca, onde começou a história de Parnaíba, junto com o Porto das Barcas. Com este objetivo foi que o prefeito determinou que a Regata de Canoas Igaraçu, que a Prefeitura reativou este ano, após anos sem ser realizada, fizesse sua largada naquele local.
“Aquilo ali é um lugar lindo, com um histórico de grandeza. Já ajeitamos a piçarra e vamos fazer o asfalto. É um monumento à nossa história, onde Parnaíba começou. Vai ser outro lugar para se amar. Será nossa praia fluvial, como existe em alguns países que conheço”, destacou o prefeito.
Estação Floriópolis (resumo histórico)
A estação de Floriópolis foi inaugurada no dia 1º de maio de 1922, com a linha entre Luís Correia e Cocal. Fica entre Parnaíba e Luís Correia, antes da ponte metálica que separa os dois municípios. “Apesar de localizada próxima ao conjunto residencial Jardim Vitória, portanto fora dos limites do Centro Histórico de Parnaíba, a Estação Floriópolis merece ser destacada, pois é a representação dos anos áureos do transporte ferroviário no estado do Piauí. Ela integrou a Estrada de Ferro Central do Piauí e foi construído na primeira década do século XX para servir de ponto de embarque no trecho Parnaíba-Luís Correia.

Chafariz – antiga fazenda Testa Branca (resumo histórico)
O Testa Branca era uma grande fazenda de gado que, mais tarde, tornou-se num arraial com poucos habitantes e poucas possibilidades de desenvolvimento. Segundo alguns historiadores, o termo ‘testa branca’ foi designado pela existência de uma rês com a testa branca que vivia ali e que simbolizava as areias brancas presentes no povoado. Quando ocorre a instalação do governo autônomo do Piauí, separado do Maranhão, com a posse do primeiro governador, João Pereira Caldas, em 20 de setembro de 1759, a capitania ganhou maior dinamismo e pôde, na medida do possível, executar as determinações régias do Conselho Ultramarino e implementar outras de iniciativa próprias. Em 29 de julho de 1759, a Carta Régia autorizou o governo da capitania a criação de novas vilas, mas João Pereira só leva a efeito essa autorização em 1762, quando funda na capitania mais seis novas vilas, entre elas Parnaíba.