Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 4 de novembro de 2017

Oposição quer criar CPI do Transporte Escolar

A oposição do governador Wellington Dias, na Assembleia Legislativa, está confiante em conseguir aprovar o pedido de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de irregularidades nos serviços de transporte escolar realizado pela Secretaria Estadual de Educação nos municípios piauienses.
Após o resultado da votação do Projeto de Lei do Governo do Piauí sobre aumento dos impostos, onde dez deputados estaduais votaram contra, fez com que o líder da oposição do governo no legislativo estadual, deputado Robert Rios (PDT), acredite que a proposta da CPI será aprovada. Para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito é necessária, no mínimo dez assinaturas de parlamentares
Robert Rios crê que os deputados Progressistas assinam a proposta de uma CPI. Segundo ele, a humilhação que o governo estadual fez com o PP, ao tirar dois deputados da Assembleia Legislativa e fazer uma manobra para retirar o líder do PP, deputado Júlio Arcoverde, fará com que os parlamentares passem para o grupo de oposição ao governador Wellington Dias. Com o apoio dos três deputados progressistas a oposição chega a dez parlamentares.
“Depois de uma humilhação dessa, se o PP não acompanhar?!?! Ave Maria, vai pra lata de lixo. Na minha opinião, a primeira CPI é a de transporte escolar”, avaliou o deputado Robert Rios.
O presidente estadual do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, considera que o que aconteceu na quarta-feira, durante a reunião da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa e a votação do plenário do aumento dos impostos, deixou os ânimos de alguns parlamentares exaltados.
‘É bom que a gente faça uma reflexão na semana que vem. Vou viajar. Vou conversar com Ciro (Nogueira) em Brasília e mostrar o que que aconteceu e o que que foi feito aqui”, declarou Júlio Arcoverde.(parlamentopiaui)