Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Polícia Federal prende casal que teria desviado cerca de R$ 2 milhões da Previdência

Um casal foi preso na manhã desta terça-feira (21/11) durante a realização da operação 'Viúvo Negro', que tem como objetivo apurar fraudes previdenciárias. As prisões aconteceram no bairro Monte Castelo, na Zona Sul de Teresina.
Elber Oliveira e Elizana teriam faturado cerca de R$ 2 milhões da Previdência num esquema que já dura 12 anos. O homem é dono de um escritório de contabilidade e junto com a esposa teriam criado personagens que tinha certidão de nascimento, identidade, CPF e certidão de óbito, para que pudessem obter benefícios.
Policiais federais apreenderam documentos e equipamentos para verificação na sede da PF. O esquema aturava cerca de R$ 12 mil por mês de pensões, pois um dos personagens teria ficado viúvo pelo menos três vezes, por isso o nome da operação.
O que chama atenção é a facilidade com que golpistas têm de conseguir esses benefícios. Eles usam do conhecimento e o trânsito nos órgãos públicos para enriquecerem ilicitamente, enquanto cidadãos que precisam da 'merreca' que é oferecida, passam meses, e até anos, enfrentando uma batalha burocrática, e acabam morrendo sem receber o que merecem.