Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

PROGRESSISTAS DECIDE SEU FUTURO

Senador Ciro Nogueira (PROGRESSISTAS-PI)
Nesta 2ª feira, os Progressistas do Piauí estarão  reunidos para decidir como ficará a sigla no governo do PT do Piauí, considerando os fatos da semana passada,  na votação do Refis e do aumento do ICMS.
EXPULSÃO, HUMILHAÇÃO E COVARDIA
Na ocasião, o PP se recusou a votar a favor do governo. Em represália, o presidente da sigla, deputado Júlio Arcoverde foi expulso da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa. Ele disse aos jornalistas que foi uma covardia e que se sentiu humilhado.
ARTICULAÇÃO 1
O PROGRESSISTAS insiste que falta ao governador Wellington Dias um articulador político junto aos deputados e até cita o nome do ex-deputado Osmar Jr.  Quem deveria fazer essa ponte seria o secretario de governo, deputado Merlong Solano, mas ele não transita bem na Assembleia.
ARTICULAÇÃO 2
No dia da votação, o governo mandou para a Assembleia, o secretario de Articulação do Karnak, Pedro Calixto que é um líder sindical desconhecido dos deputados.  Na hora do voto, ele estava do lado de fora, conversando com os Militares do Corpo da  Guarda.
SEM CONSTRANGIMENTO
Suplente no exercício do mandato e afastado do plenário no dia da votação do Refis e do aumento dos impostos, o deputado Mauro Tepety disse que não sentiu constrangido. “É um ato normal e faz parte do regime democrático”. Ah, bom!(Pedro Alcântara)