Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

DERROCADA DOS CORREIOS CHEGOU PELAS MÃOS DO PT

COM DIREÇÃO QUE PREFERIA FAZER POLÍTICA, CORREIOS AFUNDARAM
NA ELEIÇÃO DE 2014, O ENTÃO PRESIDENTE DOS CORREIOS ERA SEMPRE FLAGRADO LONGE DO SEU LOCAL DE TRABALHO, FAZENDO CAMPANHA PARA O PT.
A grave crise vivida nos Correios se estabeleceu em 2011, quando o militante petista Wagner Pinheiro presidia a empresa. O lucro líquido do primeiro semestre daquele ano foi de R$500 milhões, ainda decorrente da gestão anterior. Mas, a partir de então, o inchaço pode até ter engodado o caixa das entidades sindicais, mas levou os Correios a registrarem prejuízo bilionário pela primeira vez em sua história. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Em 2011, os Correios distribuíram R$89,5 milhões como “participação de lucros” aos funcionários da empresa, que hoje totalizam 108 mil.
Em 2015, último ano de Pinheiro no comando, os Correios registraram o maior prejuízo da história da empresa: R$ 2,1 bilhões.
Em 2011, estudos da estatal indicavam que a capacidade de entregar as correspondências se esgotariam em um ano e meio. Nada foi feito.
Na campanha de 2014, Pinheiro foi visto várias vezes longe do seu local de trabalho, fazendo campanha para o PT fora de Brasília.