Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

"O Piauí não é penico do mundo para receber pessoas rejeitadas em outros estados" declara Heráclito Fortes

Deputado Heráclito Fortes (Foto: Divulgação)
Por Laura Parente
O deputado Heráclito Fortes, que no momento está sem partido, declarou hoje (18/12) que esperará até começo de 2018 para se filiar novamente ao Democratas, partido que ele tinha deixado no final de 2014. O deputado criticou  o atual prefeito de Teresina, Firmino Filho e citou que possíveis governistas possam se transformar em oposição na próxima eleição.
Durante seu tradicional café da manhã com jornalistas, Heráclito declara, sem citar nomes, que é “inaceitável uma pessoa que é rejeitada no Rio Grande do Sul e Minas Gerais se candidatar ao Senado no estado do Piauí Isso é inaceitável. O Piauí não é penico do mundo” sobre rumores que apareceram em relação à uma possivel candidatura de Dilma Rousseff ao Senado  no Piauí.
Segundo ele, sua saída do PSBD se deu por motivos de que o partido tinha dificuldades de acomodações no Piauí.
Ele conta ainda que com sua volta ao Democratas acontecerá uma reconstrução no partido e que alguns deputados federais já estão querendo se filiar ao partido.
Sobre o prefeito Firmino Filho, o deputado critica o apoio dado à André Bahia como candidato a governador e diz que assim Firmino Filho “marca sua própria falência política”.
“Eu tenho o maior respeito pelo André Bahia. Se eu tivesse um negócio que precisasse de um vendedor, de um camelô, o André Bahia era o ideal. Agora botar pra governar o meu Piauí, jamais. O Firmino tinha que tirar do seio dos seus liderados um nome. Puxar o Andre Bahia que trabalha em outro setor é bobagem” afirma Heráclito Fortes.