Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 3 de dezembro de 2017

“PMDB DO PIAUÍ NUNCA ESTEVE TÃO ABANDONADO”, CRITICA JOÃO HENRIQUE

EX-MINISTRO FAZ CRÍTICAS À GESTÃO DO PARTIDO E DIZ QUE O INTERIOR DEFENDE UMA CANDIDATURA PRÓPRIA EM 2018
Ex-ministro João Henrique faz críticas à gestão do PMDB 
A crise entre o PMDB e o PP deu um gás a mais na mobilização feita pelo ex-ministro João Henrique por candidatura própria em 2018.  O peemedebista afirma que não há mais clima para o partido continuar na base do governador Wellington Dias (PT) e diz já ter mobilizado 200 municípios pelo rompimento.
Ele fez críticas à gestão do PMDB. Segundo ele, o partido que tem como principais lideranças o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, e o presidente estadual, deputado Marcelo Castro, tem abandonado a legenda no interior.
 “O PMDB do interior nunca esteve tão abandonado como agora. Há uma insatisfação generalizada com os rumos que deram ao partido. Deste modo, cresce o apoio à tese da candidatura própria, que será levada à convenção para que as bases decidam, de forma legítima e democrática, os rumos que o partido deve seguir em 2018”, disse.
Ao pregar a proposta de candidatura própria, João Henrique bate de frente com a decisão do partido de compor a base do Governo Wellington Dias (PT). A pretensão do PMDB é indicar o candidato a vice-governador na chapa do atual governador. Para ele, a ideia do partido não se concretizará. “É zero a chance de o PMDB indicar o vice na chapa do governador Wellington”, alerta.(Lídia Brito - Política Dinâmica)