Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Ciro dá um 'sossega-leão' ao PT do Piauí

O senador Ciro Nogueira abre portas para o governador em Brasília
O senador Ciro Nogueira é, disparado, o político piauiense que desfruta de mais prestígio hoje no governo federal. Pelo menos é isso o que ele tenta demonstrar.
Sem dar bola para o restante da bancada federal, quase toda semana ele traz um ministro ao Piauí, puxado pelo braço. Ou então manda uma foto de uma audiência com algum deles, em Brasília, anunciando a liberação de recursos para o Piauí.
Apesar de gozar de trânsito livre no governo Temer, há poucos dias, Ciro Nogueira surpreendeu com a declaração de que votaria no ex-presidente Lula em 2018.
Claro que a sua declaração tem outro objetivo. Na verdade, o senador está querendo é acalmar o PT e diminuir as vaias que ele e sua mulher, a deputada federal Iracema Portella, vem recebendo de militantes petistas no Piauí.
Declarando que o candidato do seu coração é o ex-presidente Lula, o senador quer também colar com mais facilidade a sua imagem na do governador Wellington Dias, na campanha pela reeleição de ambos.
Nada a ganhar
Político sagaz, Ciro Nogueira sabe, no entanto, que uma eventual volta do ex-presidente Lula ao poder seria o fim de seu brilho pessoal em Brasília. Outra estrela iria brilhar no Planalto, o governador Wellington Dias, companheiro de Lula de velhos carnavais.
Hoje isolado do poder central, Wellington só tem uma porta aberta vez ou outra na Esplanada dos Ministérios quando o senador Ciro Nogueira chega na frente. Com Lula no Planalto, ele teria, como já teve, um canal direto com o presidente da República.
E o que Ciro ganharia com uma eventual vitória de Lula? Nada. No máximo, o direito a uma foto, aqui acolá, e o aumento das vaias, o tempo todo e em todo lugar.(Zózimo Tavares)